• <Página inicial

Plano Nacional de Energia

Política Nacional de Energia

Resumo da Unidade 

Os alunos de ensino médio de Sociologia definem medidas para apoiar a elaboração de um plano nacional coerente de energia. Após a aula ministrada pelo professor, a pesquisa realizada pelos alunos, brainstorming e discussão em classe, os alunos classificam e justificam suas prioridades no plano de energia. Em seguida, assumem o papel de senadores para começar a formular o plano de energia. Com a Ferramenta de Classificação Visual, os senadores trabalham em grupos menores, cujas visões são semelhantes, para priorizar os tipos de desenvolvimento energético que estão defendendo. As propostas podem incluir o uso de fontes de energia renováveis, taxação do gás e a abertura de regiões do país para a exploração de petróleo. Em seguida, comparam as propostas com as políticas atuais. Finalmente, cada equipe de senadores apresenta um resumo dos seus resultados (cerca de 5 a 120 minutos por equipe) no qual explicam e justificam o plano de energia proposto.

Questões Estrutural do Currículo

  • Questão Essencial
    Como podemos fazer diferença?
  • Questões da Unidade
    Quais devem ser nossas prioridades ao escolhermos um plano nacional de energia? 
    Como podemos assegurar os recursos energéticos para sustentar a qualidade de vida desejada?  
  • Questões de Conteúdo
    Quais os custos e benefícios da extração de recursos? 
    Quais são os exemplos de energia renovável? 
    Quais os seus pontos fortes e limitações? 
    O que é um quad de energia? 

Avaliação de Processos

Veja como utilizar Avaliações centradas no aluno na Unidade Plano Nacional de Energia. Essas avaliações ajudam alunos e professores a definir metas, monitorar o progresso do aluno, dar feedback, avaliar o raciocínio, processos, desempenho e produtos, assim como a refletir sobre a aprendizagem durante o ciclo de aprendizagem.

Procedimentos de ensino

Antes das aulas
Neste projeto, os alunos utilizam a Ferramenta de Classificação Visual para avaliar as escolhas de energia e definir prioridades. Examine a Ferramenta de Classificação Visual e seus recursos e aprenda como utilizá-la com seus alunos.

Apresente o Projeto
Esta unidade auxilia os alunos a refletir sobre o impacto da energia no mundo em que vivem, inclusive no seu meio ambiente e nos seus bolsos. Inicie a aula escrevendo na lousa a Questão Essencial: Como podemos fazer diferença? Peça que os alunos façam um brainstorm em grupos pequenos analisando o que eles ou suas famílias têm feito ultimamente que afeta o seu uso de recursos naturais. Utilize a discussão para avaliar o conhecimento dos alunos e sua compreensão sobre os recursos naturais no seu cotidiano. 

Discuta as vantagens do esquema de caronas para economizar combustível. Calcule os quilômetros por litro com relação aos preços atuais dos combustíveis. Embora as economias por família possam ser pequenas, peça aos alunos que multipliquem a quantia semanal por 52 semanas, e por pessoa em relação à população da sua cidade. Aqui veremos os indivíduos fazendo a diferença em pequena escala aparentemente, mas juntos podem impactar sua comunidade de maneira significativa. Discuta também como indivíduos que tomam decisões podem impactar a comunidade em grande escala. Explique que nossa comunidade, Estado e líderes federais tomam decisões todos os dias, afetando nosso futuro. 

Instrua os alunos a assumir os papéis de senadores que atuam em uma subcomissão de energia encarregada de desenvolver um plano nacional de energia para o futuro próximo. Eles devem considerar o equilíbrio entre as questões ambientais e econômicas, e lembrar que as más decisões irão afetar as vidas de milhões de pessoas, assim como as chances de serem reeleitos. Escreva na lousa: “Soluções de Energia”. Peça que os alunos façam um brainstorm sobre maneiras de se produzir ou conservar mais energia, pois um plano de energia deverá abranger todos os recursos energéticos – e não apenas a gasolina. 

Distribua a Lista de Verificação e Visão Geral do Projeto com instruções específicas para os alunos e reveja o vocabulário da unidade. 

Descreva detalhadamente o trabalho: primeiro, os alunos pesquisam sobre padrões de consumo de energia e recursos energéticos potenciais. Depois, em grupos, eles devem estabelecer prioridades para escolher um plano de energia. Utilizam essas prioridades e outros critérios para selecionar um conjunto de opções de energia e comparam tais opções com as políticas governamentais passadas e atuais. Durante todo o projeto, os alunos devem fazer um diário reflexivo. Por último, apresentam suas decisões para a classe. Ajude-os a manter o foco em duas questões principais: Quais devem ser nossas prioridades ao escolher um plano nacional de energia? Como podemos assegurar os recursos energéticos para sustentar a qualidade de vida desejada? 

Pesquise Os Padrões de Consumo de Energia e Recursos Energéticos Potenciais 
Cada aluno deve representar o senador de um Estado diferente. Determine ou deixe que os alunos escolham o Estado do Brasil que irão representar. Peça que explorem e anotem os dados de energia na Agência de Informações sobre Energia* na página de energia do Estado. Os alunos devem utilizar, especificamente, o documento Informações Estaduais sobre Energia para anotar os pontos fortes e fracos do Estado representado com relação à disponibilidade de energia e à energia consumida. Os alunos utilizam este documento para ajudá-los a analisar o consumo e os recursos de energia do Estado e a tomar decisões específicas. Forneça instruções adequadas às habilidades de análise à medida que os alunos utilizarem o documento. 

Após completarem o documento Informações Estaduais sobre Energia, os alunos devem anotar no Diário Reflexivo as respostas às seguintes perguntas: O que achou surpreendente ou interessante sobre o consumo de energia do Estado e os recursos potenciais? Em sua opinião, como as pessoas do seu Estado podem se envolver mais para assegurar o uso saudável de recursos energéticos? 

Defina as Equipes 
Organize os alunos em equipes, cada uma representando um senador na subcomissão de energia. Defina as equipes, escolhendo senadores cujos Estados representam diferentes padrões de produção e consumo de energia, bem como interesses ambientais, como Amazonas, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, e o seu estado natal. Instrua cada equipe a escolher o seu líder e uma pessoa para registrar as recomendações para apresentá-las à classe. Peça para os alunos compartilharem e compararem os dados do seu Estado com os do documento Informações Estaduais sobre Energia

Classifique as Prioridades 
Peça às equipes que discutam as prioridades mais importantes para os seus Estados para escolher opções de energia. Provavelmente, elas irão variar, dependendo da compreensão dos alunos sobre os recursos naturais do Estado, consumo de energia e valores de cidadania do “Estado natal” de cada equipe. Peça que cada equipe decida sobre pelo menos cinco prioridades para as suas opções de energia.

Em classe, discuta todas as prioridades elencadas pelas equipes. Selecione e combine itens para criar uma lista que reflita todas as prioridades. (No exemplo de projeto, os alunos reduziram a lista para: crescimento econômico, geração de empregos, proteção ambiental, segurança econômica, redução de déficit, manutenção de preços baixos, manutenção do modo de vida brasileiro e assistência à indústria.) Tente manter a lista com oito a dezesseis itens para que possam ser classificados e justificados. Antes da próxima atividade, clique aqui para preparar o projeto Prioridades de Energia no seu espaço de trabalho. Revise a lista com base na lista da classe. 

Peça para as equipes acessarem a Classificação Visual na Área de Trabalho do Aluno. Explique a questão que devem responder: Quais devem ser nossas prioridades ao escolher um plano nacional de energia? Classifique as prioridades a partir das necessidades e interesses do Estado que lhe foi atribuído, colocando a mais importante em primeiro lugar. À medida que os grupos começam a trabalhar, lembre-os de classificar as prioridades a partir das necessidades e interesses do Estado de cada membro e a utilizar o dispositivo de Comentário da ferramenta para descrever o valor e a importância daquele item para os seus Estados. Pergunte por que classificaram a prioridade naquela ordem. Conforme desenvolvem o trabalho, peça que os alunos expliquem e justifiquem seu raciocínio e cheguem a um acordo sobre a ordem final da lista.

Examine a Atividade da Ferramenta de Classificação Visual
O espaço abaixo representa a classificação de uma equipe utilizando a Ferramenta de Classificação Visual. A visão que você tem é funcional. Você pode mover o cursor sobre o triângulo para ver os comentários da equipe e clicar no botão Comparar para verificar como as diferentes equipes classificaram os itens.

Nome do Projeto:   Política Nacional de Energia (Clique aqui para montar este projeto na sua área de trabalho)
Pergunta:   Quais devem ser nossas prioridades ao escolhermos um plano nacional de energia?
Explore uma demonstração interativa.

Plano Nacional de Energia

Depois de concluir suas listas de classificação, as equipes devem comparar as classificações e comentários com as outras equipes, discutindo diferenças e semelhanças. A ferramenta mostra o coeficiente de correlação quando as listas das equipes são comparadas. Explique que o coeficiente expressa o grau em que os grupos concordam ou discordam sobre a ordem de classificação. Um coeficiente de 1.0 representa acordo absoluto sobre a classificação, enquanto um coeficiente de -1.0 representa desacordo absoluto. 

Após terminarem a classificação, peça aos alunos que completem o registro no Diário Reflexivo, respondendo às questões: Verificando a comparação das suas classificações com as das outras equipes, por que, em sua opinião, a sua lista de prioridades é diferente? A leitura dos comentários das outras equipes fez com que você reconsiderasse sua classificação? Como a sua perspectiva das prioridades se modificou à medida que as discutia com os membros do seu grupo ou com os outros grupos? 

Avalie as Opções de Energia e Elabore o Plano de Energia 
Utilizando as prioridades das equipes para a avaliação de opções de energia, cada equipe de senadores estuda 15 opções de energia para elaborar um plano nacional de energia. Cada opção tem o potencial de produzir entre um e meio a seis quads de energia pelos próximos dez anos. Cada uma tem custos e benefícios distintos em termos econômicos e ambientais. Explique que um quad é uma unidade de energia muito grande, equivalente a um quadrilhão de Unidades Térmicas Britânicas (1,000,000,000,000,000 BTUs). Em termos mais práticos, é suficiente para atender a todas as necessidades anuais de energia para cerca de 3.000.000 de americanos. Muitos Estados de tamanho médio, como o Colorado e o Arizona, consomem um total de um quad anualmente. (Fonte: Texas Renewable Energy Assessment Summary*). Dê exemplos e comparações adicionais para auxiliar os alunos a entender a dimensão desta medida de energia. 

Os alunos devem selecionar e classificar as melhores opções e elaborar um plano para produzir 13 quads de energia pelos próximos dez anos. As suas equipes de senadores explicam e defendem suas escolhas junto à subcomissão, a qual buscará um consenso sobre o plano nacional de energia. 

Pergunte: Como equilibrar as necessidades de energia e as preocupações ambientais? Discuta os vários problemas de causa e efeito sobre esta questão. Incentive os alunos a utilizar as habilidades superiores de raciocínio para tecer hipóteses sobre os efeitos e consequências de várias ações. Veja algumas questões possíveis para iniciar a discussão.

  • Se você adotar um programa governamental, quais serão as consequências? (Exemplo: Você aumentará os gastos do governo.) 
  • Como algumas pessoas respondem à ação e à política do governo? (Exemplo: Elas a consideram uma interferência do governo.) 
  • Se você aprovar um imposto, quem irá afetar? (Exemplo: Poderia afetar negócios e consumidores.)
  • Qual o possível resultado de se considerar apenas uma perspectiva?  (Exemplo: Tanto ambientalistas como desenvolvedores de energia podem utilizar estatísticas e dados para “provar” suas posições conflitantes. É importante ouvir todos os lados antes de tomar uma decisão.) 
  • Quais as consequências de elevar os preços da energia? (Exemplo: Pode prejudicar a recuperação econômica.)
  • Como uma política pode ser boa para uma região do país e má para outra? (Exemplo: Políticas urbanas podem prejudicar os constituintes rurais e vice-versa.)
  • Por que uma pessoa seria contra a proteção do meio ambiente? (Exemplo: A legislação ambiental frequentemente pode representar um custo significativo de fazer negócios, o que às vezes pode ser maior que o benefício.)
  • Por que você, como legislador, pode se preocupar com os lobistas? (Exemplo: Se você irritar lobistas poderosos, talvez não possa ser reeleito e, então, não poderá realizar ações em outras regiões.)

Antes de passar para a próxima atividade, clique aqui para preparar o projeto Escolhas de Energia na sua área de trabalho. Distribua aos alunos a folha Escolhas de Planos de Energia. Peça que discutam cada escolha e definam os custos e benefícios relacionados. Os custos e benefícios dependem das prioridades estabelecidas pelas equipes, bem como das circunstâncias distintas de cada Estado. 

Incentive pesquisas adicionais se os alunos tiverem dúvidas sobre os resumos, acessando a Energy Information Agency state energy page*, Alliance to Save Energy*, Annual Energy Outlook 2005 with Projections to 2025*, e outros sites da web. Incentive os alunos a acrescentar aos cartões comentários a favor e contra, à medida que aprendem mais. Caso haja tempo, peça aos alunos para que realizem eles mesmos a pesquisa, em vez de lhes dar o documento com todas as informações preenchidas. 

Após compreenderem as opções de planos de energia, peça às equipes que utilizem novamente a Ferramenta de Classificação Visual para ordenar e justificar (na seção Comentário) suas escolhas de planos de energia. Peça-lhes para que se inscrevam no segundo projeto e classifiquem conforme a questão: Classifique as seguintes propostas de planos de energia da melhor à pior, com base nas prioridades estabelecidas anteriormente, bem como na confiabilidade das propostas, suporte para o crescimento econômico e mínimo impacto ambiental. Novamente, à medida que os alunos classificam e defendem, incentive a discussão, o debate e a negociação. Quando as listas de classificação estiverem completas, peça às equipes que comparem sua classificação com as dos outros grupos. Incentive os grupos a discutir suas escolhas. Utilize as seguintes perguntas para auxiliar os alunos na análise e na comparação das classificações dos vários grupos:

  • Como sua equipe chegou ao consenso nesta lista de classificação?
  • Há outras opções de planos de energia que gostariam de ter visto nesta lista?
  • Em sua opinião, por que a sua lista de classificação foi diferente das de outras equipes – ou da média da classe?
  • Suas decisões mudaram com o tempo? Por exemplo, depois das discussões com outros alunos ou depois de mais pesquisas?
  • Qual equipe classificou de modo mais semelhante ao que você fez? Por que acha que é semelhante?


Após concluir a classificação, os alunos completam o registro no Diário Reflexivo, respondendo às questões: Qual foi a parte mais difícil em priorizar as opções de energia? Você ou membros da sua equipe tiveram diferenças significativas de opinião que mudaram com o tempo? Como chegaram ao consenso? 

Compare com Políticas de Energia Anteriores 
Peça aos alunos que revejam decisões das equipes contra políticas de energia no passado: De que modo suas políticas se diferem? De que modo sua escolha de políticas poderia melhorar a situação da energia no país no futuro, em comparação com as políticas anteriores? Os alunos incluem pelo menos cinco pontos para que a comparação com o documento Comparação de Plano de Energia os ajude a preparar a apresentação. Forneça os seguintes recursos:

Política Americana de Energia 
www.esru.strath.ac.uk/EandE/Web_sites/01-02/RE_info/usa.htm

Discurso de Jimmy Carter sobre o Estado da União de 1980 (Última parte do discurso)
www.jimmycarterlibrary.org/documents/speeches/su80jec.phtml

Mais informações sobre a história da política e consumo de energia nos EUA podem ser encontradas em Annual Energy Review – Perspectives 2004* ou Energy in the United States, 1635-2000*. 

Após realizar a comparação, os alunos completam o registro no Diário Reflexivo, respondendo às questões: Revendo as políticas de energia anteriores, o que não levaram em conta sobre o futuro? Como podemos elaborar os melhores planos possíveis quando não sabemos o que nos espera no futuro? 

Compare com a Lei de Política de Energia de 2005 
Peça aos alunos que comparem as decisões das equipes com as políticas que estão planejadas na Energy Policy Act of 2005*. Os alunos também podem rever no Plano Estratégico para os Anos Fiscais de 2005-2008 para a Comissão Federal Regulatória de Energia* as políticas energéticas para o Estado atribuído, e também as estimativas de custo* para a decretação da Lei de Política de Energia. Os alunos utilizam o documento Comparação do Plano de Energia para acompanhar os resultados obtidos. 

Após realizar a comparação, os alunos completam o registro no Diário Reflexivo, respondendo às seguintes questões: Considerando o que você aprendeu até aqui sobre possíveis recursos e políticas de energia, o que você deseja que seus líderes governamentais levem mais a sério? Qual recurso subdesenvolvido deve ser mais explorado? Acha que as questões previstas na Lei de Política de Energia de 2005 proveem energia suficiente para sustentar nossa qualidade de vida desejada no futuro? Por quê? Por que não? 

Apresentação do Plano 
Quando as equipes tiverem feito as escolhas principais, poderão começar a desenvolver um roteiro para apresentar o seu plano nacional de energia. Defina as expectativas, discutindo o exemplo de apresentação da equipe. Peça aos alunos para elaborar um roteiro de apresentação, utilizando o documento Comparação do Plano de Energia e a folha Escolhas de Plano de Energia como suporte. 

Lembre os alunos de utilizar a Visão Geral do Projeto e Lista de Verificação e o Guia de Pontuação para verificar se estão incluindo todos os elementos essenciais na apresentação; eles devem ser capazes de responder:

    • Sua decisão garante fornecimento confiável de energia, suficiente para atender à demanda da economia americana nos próximos dez anos?
    • Promove crescimento econômico continuado?
    • Ajuda a promover o bem-estar ambiental de futuras gerações? 
    • Por que essas escolhas específicas devem ser incluídas em um plano nacional? 
    • Como o plano dos alunos se compara com as políticas energéticas passadas e futuras dos EUA?

Conduza discussões com cada equipe para rever seus planos e o roteiro da apresentação. Avalie o roteiro para se assegurar de que os alunos tenham uma proposta confiável e ponderada antes que elaborem a apresentação

Decisões Presentes e Resultados 
Dê tempo para que os alunos planejem uma breve apresentação (5 a 10 minutos), na qual possam comunicar suas decisões à classe, bem como indicar quais ideias serão incluídas nos planos passados e futuros do governo. Quanto às ideias que não estão incluídas na Lei de Política Energética, planos estaduais específicos ou o FERC Strategic Plan* os alunos devem argumentar por que suas ideias devem ser consideradas no futuro. 

Separe um dia para a apresentação. Incentive os participantes na plateia a tomar notas e fazer perguntas às equipes após cada apresentação. Medeie a discussão e o debate e estimule os alunos a defender suas ideias, utilizando justificativas com base na pesquisa que fizeram. 

Depois de todas as apresentações, os alunos escrevem no Diário Reflexivo respostas às seguintes perguntas: No decorrer do projeto, como se modificaram suas opiniões, atitudes e compreensão sobre como utilizamos energia? Em sua opinião, seremos capazes de equilibrar as necessidades de energia e os problemas ambientais no futuro? Por que sim? Por que não? Como as pessoas podem contribuir para fazer a diferença? O que você pode realizar para fazer a diferença?

Expanda a Unidade (Opcional) 
Dependendo de quanto tempo você quer dar ao projeto, poderá pedir aos grupos para desenvolver materiais adicionais, como um site na web ou uma atividade secundária como um jogo. Isso exigirá mais horas-aula para realizá-las. Uma atividade adicional pode incluir a coordenação com o professor de português da classe para que os alunos escrevam uma carta a um senador ou deputado, apoiando ou se opondo aos planos de energia futuros ou atuais. 

Finalize a Aula 
Realize a atividade final, fazendo um balance do que os alunos aprenderam. Retome a Questão Essencial: Como podemos fazer a diferença? Dê aos alunos a oportunidade de expressar observações relevantes.

Habilidades Necessárias

  • Habilidades de comunicação interativa e de trabalho cooperativo
  • Leitura e produção escrita no modo persuasivo
  • Comunicação oral
  • Habilidades básicas de informática, tais como:
    • Utilização básica do browser da web
    • Salvar informações
    • Utilização básica de periféricos (impressoras etc.)

Ensino Diferenciado

Alunos com necessidades especiais

  • Alunos com necessidades especiais se beneficiarão com o trabalho cooperativo em grande parte do projeto.
  • Os colegas podem ser designados, nos grupos, a auxiliar os alunos com necessidades especiais.
  • Um modelo (template) pode ser fornecido para a apresentação.
  • As instruções para o componente de pesquisa podem ser adaptadas, com base em modificações individuais para alunos com necessidades especiais.

Alunos Superdotados

  • Os alunos superdotados podem contribuir com o projeto do grupo, aperfeiçoando as apresentações com informações adicionais relevantes a objetivos que transcendem as orientações do projeto. Podem, por exemplo:
    • Explorar melhor os elementos técnicos do impacto da aquisição de energia no meio ambiente (por exemplo, a perfuração para a exploração de petróleo no Alasca)
    • Acrescentar conhecimentos técnicos no desenvolvimento de multimídia, jornal e apresentações na web para os seus grupos
    • Entrevistar especialistas no assunto
    • Visitar e fotografar locais fornecedores de energia da região para incluir na apresentação

Aprendiz da Língua Inglesa

  • Fornecer apoio por meio de um especialista em língua inglesa.
  • Disponibilizar um dicionário técnico bilíngue para traduzir termos.
  • Organizar duplas com aprendizes da língua inglesa e alunos bilíngues mais adiantados, que tenham uma língua em comum.
  • Fornecer alguns recursos de pesquisa na língua nativa.

Créditos

Este projeto baseia-se em um plano de unidade desenvolvido por professores da Escola de Matemática e Ciências de Arkansas, em Hot Springs, Arkansas. Uma equipe de professores ampliou o plano no exemplo do que você vê aqui.

Política Nacional de Energia

Uma rápida olhada

Série: 9o ano do ensino fundamental à 3a série do ensino médio

Disciplina (s): Sociologia 

Assuntos (s):Atualidades, Economia, Governo

Tópicos: Política de Energia, Economia Brasileira, Proteção Ambiental, Energia Alternativa

Habilidades Superiores de Raciocínio: Avaliação, Análise, Causa e Efeito

Aprendizagens Principais: Distribuição de Recursos, Interação Humana, Lugar, Movimento, Trocas de Oportunidade e de Custo

Tempo Necessário:aproximadamente 10 aulas de 60 minutos cadaminutes each lesson