• <Home

Perguntas frequentes sobre o Driver de Gráficos Embarcados Intel®

Saídas de exibição

1.  Na interface SDVO do chipset US15W do Hub da Controladora de Sistema Intel®, existe suporte para a saída DisplayPort?

 

Não, como o transmissor da SDVO DisplayPort ainda não existe, um sistema que contém um US15W não poderá fornecer a DisplayPort.

 

2.  O que fazer para que o LVDS embarcado seja exibido em meu sistema?

 

Primeiro, escolha um chipset embarcado da Intel, com um controlador LVDS embarcado. As portas LVDS embarcadas estão disponíveis nos seguintes chipsets Intel® para portáteis e/ou sistema em um chip (SoC):

 

  • Chipset US15W/US15WP/WPT do Intel® System Controller Hub
  • Processador Intel® Atom™ Séries 400 e 500 (sistema em um chip (SoC))
  • Chipset Intel® GM45/GL40/GS45 Express para portáteis
  • Chipset Intel® GME965 Express
  • Chipset Intel® GME960/GME965 Express para portáteis
  • Chipset Intel® 945GME/945GSE/945G Express para portáteis
  • Chipset Intel® 915GME/915GV Express para portáteis
  • Chipset Intel® 910GMLE/GML-915GME/GM Express para portáteis
  • Chipset Intel® 852GM para portáteis
  • Chipset Intel® 852GME para portáteis
  • Chipset Intel® 855GME para portáteis

 

Segundo, siga as instruções contidas no Guia do usuário para habilitar este vídeo, definindo corretamente o parâmetro “PortOrder” de modo a incluir o valor da porta LVDS. De acordo com as suas configurações, o vídeo LVDS pode ser primário ou secundário. O Configuration Editor (CED) também permite selecionar e configurar facilmente as portas LVDS embarcadas nos chipsets Intel para portáteis. Para obter detalhes, consulte a Ajuda no CED.

 

3.  Por que não consigo acoplar o vídeo ao dispositivo SDVO (por exemplo: Chrontel CH7317)?

 

Geralmente, trata-se de uma questão de configuração ou de driver da porta. A porta SDVO deve estar corretamente configurada para que o driver seja instalado. É imprescindível que o endereço do dispositivo SDVO seja configurado corretamente, se for diferente do padrão, 0x70. Também existem configurações que permitem especificar determinados atributos, de acordo com o dispositivo SDVO. Por exemplo, para a operação do VGA, é importante definir o atributo “VGA Bypass” ou “VGA Output” em alguns dispositivos VGA SDVO, para receber a saída do VGA. Consulte o Guia do usuário para obter mais informações.

 

4.  O que é eDP e qual é a diferença entre ele e o DisplayPort (DP)?

 

eDP é definido como Embedded DisplayPort.

 

As diferenças entre o eDP e o DP são:

 

  • O DP possui um conector externo e cabo, enquanto o eDP não tem.
  • Existem alguns requisitos para o DP não aplicáveis ao eDP, como o número de vias suportadas, suporte para resolução mínima etc. Além disso, o padrão Embedded DisplayPort (eDP) 1.1a se aplica ao eDP, mas não ao DP.

 

5.  Qual é a diferença entre o eDP e o LVDS?

 

O eDP estende as capacidades do LVDS, mas com requisitos de redução de energia, custos e comprimento do cabo. O eDP é uma especificação totalmente distinta, e incluímos abaixo as principais diferenças.

eDP LVDS
Link de taxa fixa Taxa variável
Clock embarcado Clock de referência explícita
acoplamento de CA acoplamento de CC
codificação de 8b/10b Sem codificação
1, 2 ou 4 vias 4, 5, 8 ou 10 pares diferenciais
Usa AUX como controle Sem controle (I2C usado para leitura de EDID)

 

6.  Quais são as diferenças entre os Modos de Gráficos Híbridos “Switchable” (Chaveáveis), “Additive 3D” (3D Aditivo) e “Multi-Monitor” (Vários Monitores) e quais modos são suportados pelos Drivers de gráficos embarcados Intel®?

 

A opção “Switchable” permite uma transição tranquila entre os gráficos integrados no chipset e um mecanismo de gráficos “externos” de potência superior, para se obter a melhor capacidade de alimentação à bateria. Este é um recurso que provavelmente você encontraria em um dispositivo à bateria, como um notebook.

 

“Additive” é uma técnica, segundo a qual a GPU de gráficos integrados é pressionada pelo driver de gráficos “externos” a complementar a força de processamento da GPU de gráficos externos. Este recurso tem importância limitada, uma vez que a sobrecarga sobre o gerenciamento dos dados e a transferência de dados de gráficos entre a memória de gráficos embarcados e os gráficos externos tende a se sobrepor a quaisquer benefícios de desempenho.

 

“Multi-Monitor” é a possibilidade de os gráficos integrados coexistirem com o(s) mecanismo(s) de gráficos externos que permitem exibições mais exclusivas. Por exemplo, no Windows, é possível estender a área de trabalho entre as duas exibições de gráficos embarcados mais uma, duas ou mais exibições de gráficos externos. Isso exige um chipset testado para suportar esse modo e, possivelmente, uma alteração no BIOS para deixar os gráficos embarcados ativados quando os gráficos externos estiverem presentes, principalmente no slot X16 PCIe* (PEG).

 

Os Drivers de gráficos embarcados Intel® sempre foram compatíveis com o modo Multi-Monitor que, anteriormente, era testado basicamente com gráficos embarcados e com os gráficos externos baseados no padrão PCI. Com a nova possibilidade de usar os embarcados juntamente com os PCIe e PCI, as combinações são infinitas.

 

7.  Nos Drivers de gráficos embarcados Intel® e no chipset US15W do Hub da Controladora de Sistema Intel®, há suporte para o recurso Protected audio/video path (PAVP)?

 

Não. Nos Drivers de gráficos embarcados Intel®, não há suporte para o Windows 7*, o sistema operacional exigido pela tecnologia PAVP da Intel. A Intel e a Microsoft não possuem uma solução tecnológica “padrão” para o tipo de proteção de conteúdo disponível nos sistemas mais modernos (a tecnologia PAVP da Intel e a PVP da Microsoft exigem um modelo de driver de gráficos diferentes). As aplicações que usam a tecnologia PAVP foram validadas usando apenas os drivers Intel® Graphics Media Accelerator (drivers Intel® GMA) e sistemas com suporte para essa tecnologia. (O suporte para o BIOS no nível da plataforma também é necessário para a tecnologia PAVP).

 

8.  Nos Drivers de gráficos embarcados Intel® e no chipset US15W do Hub da Controladora de Sistema Intel®, há suporte para o recurso HDCP (High-bandwidth Digital-Content Protection)?

 

Sim, o US15W oferece suporte para a proteção contra cópia de HDCP, presumindo-se que as duas seguintes condições sejam atendidas:

 

  1. O SDVO HDMI ou o transmissor DVI podem habilitar o HDCP, e
  2. O fornecedor do transmissor disponibiliza um driver de porta adequado dos Drivers de gráficos embarcados Intel® para suporte ao HDCP.

 

9.  Como habilitar ou desabilitar uma porta de vídeo?

 

As funções de controle são informações proprietárias e não podem ser divulgadas aos clientes na documentação da API.

 

10.  Os Drivers de gráficos embarcados Intel® fornecem suporte de driver para uma saída de DisplayPort em qualquer chipset embarcado?

 

Não. O membro Q45 da série de chipsets Intel® Q45/G41/G45 Express tem suporte no nível de hardware para o DisplayPort internamente. Consulte a página 538 da ficha técnica, Família de chipsets Intel® Express série 4.

 

Se o suporte de driver para o DisplayPort for necessário com o Q45, será necessário utilizar um driver alternativo, além dos Drivers de gráficos embarcados Intel®.

 

11.  O que significa suporte para vários monitores híbridos?

 

O suporte para vários monitores híbridos será definido, ao permitir que a unidade de processamento gráfico (GPU — graphics processing unit) integrados ao chipset embarcado da Intel funcione simultaneamente a uma solução de GPU discreta geralmente fornecida em uma board gráfica PCI-Express* externa. Isso permite a geração de intervalos de exibição exclusivos em mais de dois painéis ou monitores simultaneamente.

 

12.  Que chipsets embarcados Intel fornecem suporte para vários monitores híbridos via Drivers de gráficos embarcados Intel®?

 

O suporte oficial para vários monitores híbridos nos Drivers de gráficos embarcados Intel® só é aplicável aos sistemas que usam os chipsets Intel® Q45/G41/G45 e GM45/GL40/GS45.

 

13.  Sei que algumas plataformas comercializadas no mercado fornecem suporte para vários monitores híbridos através dos Drivers de gráficos embarcados Intel® e do US15W. O chipset US15W fornece suporte para vários monitores híbridos via Drivers de gráficos embarcados Intel®?

 

Não. Atualmente, os Drivers de gráficos embarcados Intel® não dispõem oficialmente do suporte para vários monitores híbridos, para os sistemas que usam o chipset US15W.

 

Várias plataformas comercializadas, baseadas no chipset US15W e nos Drivers de gráficos embarcados Intel®, habilitaram com êxito os intervalos de exibição exclusivos em mais de dois painéis ou monitores, simultaneamente. Contudo, da mesma forma como a aceleração da GPU além das especificações contidas na ficha técnica, a habilitação do suporte para vários monitores híbridos com o US15W pode ocorrer sob a responsabilidade absoluta do fornecedor da board.

 

No Resumo do Produto de Drivers de gráficos embarcados Intel® 10.3.1 da Intel e na Matriz de Recursos de Drivers de gráficos embarcados Intel® 10.3.1, o US15W consta como incompatível com os gráficos de vários monitores híbridos que usam os Drivers de gráficos embarcados Intel®.

 

14.  Por que o dispositivo CH7318* não consta na seção “Select DVO” do CED (Configuration EDitor) dos Drivers de gráficos embarcados Intel®?

 

O CH7318 é um dispositivo comutador de níveis para o HDMI. Ele não é um dispositivo transmissor, mas fornece alteração de tensão. Os chipsets Intel® da série 4 (Q45/G45/G41/GM45/GS45/GL40), compatíveis com os Drivers de gráficos embarcados Intel® que dispõem de HDMI/DVI embarcadas, exigem apenas um comutador de nível para aumentar a tensão interna até a tensão de linha necessária. Por ser compatível com alguns chipsets Intel® da Série 4 (Q45/G45/G41/GM45/GS45/GL40) e com as interfaces HDMI/DVI internas disponíveis, os Drivers de gráficos embarcados Intel® também tem suporte para os comutadores de nível necessários, mas não diretamente. O driver não detecta a presença do comutador de nível (por exemplo, o CH7318). Por não ser um transmissor, apenas um comutador de nível, ele fica teoricamente invisível para o driver. O driver detecta apenas a presença de uma interface DVI ou HDMI configurada. Ao configurar os Drivers de gráficos embarcados Intel com o CED, você não está escolhendo o SDVO e depois procurando um dispositivo intitulado CH7318; você está configurando as interfaces HDMI e os dados adicionais para que essas interfaces funcionem normalmente.