• <Página inicial

Perguntas frequentes de Drivers de gráficos embarcados Intel®

Configurações de dois vídeos

1.  Instalei o driver de gráficos para a configuração de vídeo duplo e parece que a configuração não está correta (por exemplo, o vídeo primário e secundário parecem trocados). Como corrigir esse problema?

 

Ao instalar ou reinstalar o driver de gráficos, desligue o modo de exibição estendida.

 

2.  Quais são as configurações de exibição suportadas pelos Drivers de gráficos embarcados Intel® e pelo chipset US15W do Hub de controlador de sistema Intel® (Intel® SCH)?

 

Atualmente, há suporte nos Drivers de gráficos embarcados Intel® e no Intel SCH US15W para quatro configurações de vídeo.

 

  • Único
  • Clone
  • Estendido
  • Dual independent head (DIH)

 

3.  Quais são as diferenças nas configurações de exibição suportadas pelos Drivers de gráficos embarcados Intel e pelo chipset US15W do Hub de controlador de sistema Intel?

 

Único: somente um vídeo ativo, aceito por qualquer sistema operacional suportado pelos Drivers de gráficos embarcados Intel. A configuração de hardware de vídeo Único abrange um buffer de quadros, um tubo e uma porta.

 

Considerações sobre as configurações de dois vídeos:

 

  • Não há suporte para a configuração/modo Twin no chipset do Intel SCH série US15. Há suporte para a configuração Twin nos chipsets de próxima geração e no Driver do Intel® Graphics Media Accelerator, onde o conteúdo é orientado para dois dispositivos de vídeo, cada qual com o mesmo conteúdo, resolução e intervalos. Sob o prisma do hardware, a configuração Twin abrange um buffer de quadros, um tubo e duas portas.
  • Há suporte para a configuração Clone nos chipsets série US15 do Intel SCH. Sob o prisma do hardware, o modo de clone abrange um buffer de quadros, dois tubos e duas portas.
  • Há suporte para a configuração de tela estendida nos chipsets série US15 do Intel SCH. Sob o prisma do hardware, a configuração de tela estendida abrange dois buffers de quadros, dois tubos e duas portas. O Windows XP usa o termo “configuração de tela estendida” para descrever como o SO apresenta os vários vídeos independentes para o usuário. O recurso básico do modo estendido é a possibilidade de um segundo vídeo se tornar parte adicional da região da Área de trabalho. No sistema operacional Windows XP/XPe, o usuário deve usar a configuração de tela estendida (não DIH). Mais especificamente, a configuração estendida gera um único buffer de quadros virtuais grandes, utilizado pelas aplicações. Áreas separadas do buffer de quadros virtuais são mapeadas para cada um dos buffers de quadros de vídeo independentes. A Intel desenvolveu o software Display Manager integrado aos Drivers de gráficos embarcados Intel, que é habilitado quando um sistema está em execução na configuração de tela estendida.
  • Há suporte para DIH nos chipsets série US15 do Intel SCH. Sob o prisma do hardware, o modo DIH abrange dois buffers de quadros, dois tubos e duas portas. O DIH é equivalente à configuração de tela estendida no Linux* para o suporte a vários vídeos.

 

4.  Quais são as principais diferenças entre as configurações de exibição dupla de tela estendida, Xinerama do Linux* e DIH?

 

Sob o prisma do hardware, as configurações DIH, Xinerama do Linux e Estendido do Windows são idênticas.

 

O modo de tela estendida no Windows orienta dois vídeos simultaneamente, com conteúdo não contínuo, ao estilo widescreen, cada qual com resoluções independentes. A configuração DIH do Linux orienta dois vídeos simultaneamente, com conteúdo distinto, independente e não contínuo, cada qual com resoluções independentes.

 

Uma única imagem de widescreen não pode cobrir dois monitores no modo DIH mas, sim, na configuração de tela estendida do Windows e na configuração Xinerama do Linux* (com restrições).

 

No nível de hardware, o DIH tem resoluções independentes, taxas de atualização e conteúdo, assim como a configuração de tela estendida. No DIH, os dois monitores estão ativos e logicamente distintos.

 

Além disso, no DIH, cada imagem é bloqueada em um único monitor. Na configuração de tela estendida, dois monitores também estão ativos, mas formam uma grande área de trabalho virtual (ou seja, indistinta, em termos lógicos).

 

5.  Qual é a diferença entre as configurações de exibição dupla de tela estendida vertical e Xinerama?

 

A configuração de tela estendida vertical é um termo do Windows e o Xinerama é um recurso/aplicativo/ferramenta do Linux. O chipset US15W do Intel System Controller Hub e outros chipsets embarcados Intel (Intel® Q45/G41/G45, GM45/GL40/GS45, Q35, GME965, GLE960/GME965, 945GME /945GSE/945G, Q965, 915GME /915GV, 910GMLE, 852GM, 852GME, 855GME) têm suporte para ambas as configurações de vídeo duplo, de acordo com as limitações impostas por aplicativo e sistema operacional. O Xinerama tem mais restrições do que o recurso do sistema operacional incorporado Windows XP/XPE/CE, chamado configuração de tela estendida ou configuração de tela estendida vertical. Consulte também no glossário, o termo “Xinerama”.

 

6.  Nos Drivers de gráficos embarcados Intel® e no chipset US15W do Intel System Controller Hub, há suporte para a configuração de tela estendida vertical no Windows CE?

 

Sim. Os Drivers de gráficos embarcados Intel e o chipset US15W do Intel SCH oferecem suporte à configuração de tela estendida vertical (VExt) no Windows CE. É necessário configurar o Configuration Editor (CED) corretamente segundo as instruções contidas no guia do usuário para habilitar a configuração de tela estendida vertical. VExt é uma configuração de dois vídeos, somente no Windows CE.

 

7.  Como obter uma área de trabalho estendida em meu sistema Microsoft Windows XP ou Windows XP Embedded?

 

Acesse “Propriedades de vídeo” e selecione a guia “Configurações”. Você encontrará nessa guia dois vídeos. Escolha o segundo vídeo e habilite-o para área de trabalho estendida, marcando a caixa “Estender a área de trabalho do Windows a este monitor” e clicando em “Aplicar”.

 

8.  Posso configurar um sistema SDVO duplo com os Drivers de gráficos embarcados Intel ?

 

Sim. O Hub do controlador de memória gráfica (GMCH) conduz a Saída de vídeo digital serial (SDVO) por meio de portas SDVO. De acordo com o tipo de chipset, os números das portas SDVO disponíveis são diferentes. Se o chipset de próxima geração tiver várias portas SDVO, elas poderão orientar vários dispositivos SDVO (por exemplo, os codificadores Video Graphics Array [VGA], Interface visual digital [DVI*], controlador de Sinalização diferencial de baixa tensão [LVDS] etc.). Para o SDVO duplo, é necessário especificar os endereços dos dois dispositivos existentes em sua configuração.

 

Nota: o chipset US15W/US15WP/WPT do Hub da Controladora de Sistema Intel® não pode habilitar um sistema SDVO duplo porque só dispõe de uma porta SDVO compatível com as velocidades de relógio de pixel de 20 a 160 MHz.

 

9.  Posso configurar dois vídeos com diferentes intervalos e resoluções, mas com o mesmo conteúdo?

 

Sim. Esta é a configuração de vídeo duplo, clone. Os Drivers de gráficos embarcados Intel oferecem suporte a esta configuração se o GMCH tiver dois tubos. Cada tubo libera intervalos diferentes e, ocasionalmente, direciona a saída para um dispositivo de exibição. Consulte as seções Configuração de Clones no Guia do usuário para obter instruções de implementação específicas.

 

10.  Qual é a diferença é a configuração de exibição Twin e Clone?

 

A exibição Twin é uma configuração de exibição, na qual dois monitores são orientados pelo mesmo conjunto de intervalos. Os dois dispositivos de exibição devem suportar esses intervalos (resolução, atualização etc.), enquanto a exibição Clone é uma configuração de exibição, na qual cada um dos vídeos pode ter um conjunto independente de intervalos. Os Drivers de gráficos embarcados Intel suportam ambas as configurações Twin e Clone. Consulte o guia do usuário para obter mais informações.

 

Nota: no Chipset US15W do Intel System Controller Hub, não há suporte para a configuração Twin, pois o hardware do US15W do Intel SCH exige que a controladora LVDS embarcada esteja ativa em seu próprio tubo; portanto, a configuração Twin não é compatível. Entretanto, a configuração Twin é viável na maioria dos chipset Intel GenX.

 

11.  Posso obter uma superfície de exibição em todo vídeo?

 

Sim. A partir dos Drivers de gráficos embarcados Intel® 7.0, em determinados chipsets, está disponível uma segunda sobreposição como um recurso do driver. Nota: o Hub do controlador de memória gráfica (GMCH) tem apenas uma superfície de sobreposição de hardware dedicada. Essa sobreposição pode ser acoplada a qualquer um dos vídeos, mas não a ambos. A única exceção ocorre se você estiver executando na configuração Twin, pois, nesse caso, você poderá ver a imagem de sobreposição em ambos os vídeos. Isso ocorre porque os vídeos Twin compartilham os mesmos intervalos e um único tubo orienta os dois vídeos. Os Drivers de Gráficos Embarcados Intel mais recentes simulam a capacidade de sobreposição do hardware em um segundo vídeo clone ou independente.

 

12.  O driver de gráficos padrão continua selecionando o CRT como vídeo primário e o LVDS interno como vídeo secundário. O que devo fazer para que o CRT seja o vídeo secundário?

 

Para selecionar o vídeo a ser utilizado como vídeo primário, o arquivo de configuração deve estar configurado. Consulte o Guia do usuário para obter instruções de configuração.

 

13.  Por que é exibida uma janela verde/cinza, em vez da reprodução de vídeo no vídeo Clonado?

 

Essa limitação do hardware foi extinta a partir da versão 7.0 dos Drivers de Gráficos Embarcados Intel®. Isso costumava acontecer porque os chipsets da Intel só possuem uma superfície de sobreposição para exibir a sobreposição do XVideo em um único tubo de gráficos de cada vez. O driver XOrg atribui a sobreposição do XVideo ao vídeo primário, ao operar com um vídeo clonado habilitado. A partir do driver 7.0, foi adicionada uma segunda capacidade de sobreposição, de modo que o XVideo deve conseguir exibir em vários vídeos. Outra solução é que, na sobreposição XVideoBlend, não há suporte para vários tubos gráficos, e ela funcionará em um vídeo clonado. No arquivo XF86Config, é possível desabilitar o XVideo com a linha 'Option “XVideo” “No”,' na seção de dispositivos de driver. Habilite o XVideoBlend com a linha 'Option “XVideoBlend” “Yes”'. As mesmas restrições se aplicam ao utilizar uma configuração Dual Independent Head. O XVideoBlend pode ser habilitado e exibe uma sobreposição nos dois vídeos.

 

14.  Quais são todos os dispositivos de Saída de vídeo digital serial (SDVO) atualmente suportados pelos Drivers de gráficos embarcados Intel para as saídas do segundo vídeo?

 

O guia do usuário é atualizado regularmente e relaciona todos os dispositivos SDVO atualmente suportados pelos Drivers de gráficos embarcados Intel através de drivers de porta. Os dispositivos SDVO listados na tabela abaixo são suportados atualmente pelos Drivers de Gráficos Embarcados Intel, para as saídas do segundo vídeo.

Dispositivo Suporte para driver de vídeo VBIOS/EPOG/EFI Suporte para driver de gráficos
Saída interna de TV Não Sim
Saída RGB de VGA/SDTV/HDTV Chrontel* CH7022 Sim Sim
Saída de DVI* de porta única Chrontel CH7307 Sim Sim
Saída de LVDS Chrontel CH7308 Sim Sim
LVDS interno Sim Sim
Saída RGB de VGA Chrontel CH7317 Sim Sim
Saída de HDMI* Chrontel CH7315 Sim Sim
Saída de DVI de porta dupla Chrontel CH7319 com HDCP Sim Sim
Saída de DVI de porta única Chrontel CH7320 Sim Sim
Silicon Image* SiI 1362 Sim Sim
Silicon Image SiI 1364 Sim Sim

 

15.  É possível executar o OpenGL* (OGL) ou OpenGL ES (OGLES) em ambas as telas, ao executar a configuração DIH no Linux?

 

Sim, para todas as versões X-Server* compatíveis, é possível executar o OGL e o OGLES nas duas telas, com Aceleração por Hardware.

 

16.  É possível executar o OGL ou OGLES em ambas as telas, ao executar a configuração Xinerama no Linux?

 

Para chipset US15 do Intel SCH e processadores Intel® Atom™ série E6xx, você pode executar OGL e OGLES simultaneamente com o Xinerama. Contudo, isso não será uma renderização acelerada por hardware. Provavelmente, ela será muito lenta. Para outras plataformas, como a 3ª e 4ª gerações, o OGL não é suportado ao executar a configuração Xinerama, devido às limitações do X-Server.

Conversas