• <Página inicial

Perguntas frequentes de Drivers de gráficos embarcados Intel®

Linux*

1.  Os Drivers de Gráficos Embarcados Intel 10.4 Gold funcionarão no Fedora* 12 ou Fedora 14?

 

A versão Gold dos Drivers de Gráficos Embarcados Intel 10.4 (compilação 1839) não funciona com o Fedora 12 ou Fedora 14. Ela exige mudanças de driver e a criação de um novo Módulo de Kernel dos Drivers de Gráficos Embarcados Intel® (IKM).

 

2.  O que é o arquivo EDID-x.bin? Como ele é utilizado?

 

Esta é uma capacidade de configuração mais antiga, disponível para configurar a versão do Linux* dos Drivers de gráficos embarcados Intel. Embora seja compatível com as versões mais recentes, é recomendável que você use mecanismos de configuração mais atuais. Consulte o guia do usuário para obter mais informações sobre os métodos mais atuais de configurar a versão do Linux do driver.

 

3.  Um dos mais novos recursos dos Drivers de gráficos embarcados Intel é um Instalador Linux para o Fedora 7 (excluindo o Hub controlador de sistema da Intel® (SCH da Intel®) com chipset US15W). Para quando está previsto o suporte (instalador e drivers) para o Fedora 10?

 

Os Drivers de gráficos embarcados Intel 10.2 são compatíveis com o sistema operacional Fedora* 10. A instalação do driver manual pode ser concluída com êxito usando as instruções do guia do usuário mais recente.

 

Ainda não existe um Instalador do Linux para o Fedora 10.

 

4.  Quais aplicações baseadas no Linux Fedora 7 e Fedora 10 podem ser utilizadas para obter informações importantes sobre um arquivo de vídeo, como sua taxa de bits, codec, se o recurso de aceleração de hardware está presente ou não no chipset US15W do Hub da Controladora de Sistema Intel® etc.?

 

Para essa finalidade, são recomendados as aplicações VAInfo e MediaInfo.

 

O US15W é o único chipset atualmente compatível com o recurso Video Decode Hardware Acceleration; mas os próximos chipsets Embarcados também terão essa capacidade.

 

5.  Os Drivers de gráficos embarcados Intel® são compatíveis com os recursos Kernel Mode Setting (Configuração do Modo de Kernel) no Fedora* ou Moblin*?

 

Nos Drivers de Gráficos Embarcados Intel® não há suporte para o recurso Kernel Mode Setting (Configuração de Modo de Kernel) em qualquer plataforma de qualquer versão do Linux (a partir dos Drivers de Gráficos Embarcados Intel 10.3 e versões anteriores ou em futuro próximo).

 

6.  Existe alguma previsão de quando será fornecido um Instalador de Linux dos Drivers de Gráficos Embarcados Intel®, com suporte para todas as distribuições do Linux POR?

 

Não, os Drivers de Gráficos Embarcados Intel® v10.3 tem um instalador/desinstalador do Fedora* 7. Consulte o guia do usuário para obter instruções de instalação em outras distribuições do Linux compatíveis.

 

7.  Quais são as distribuições do Linux atualmente compatíveis com os Drivers de gráficos embarcados Intel 10.3.1?

 

Isso depende do chipset sendo utilizado.

 

The Intel SCH US15 chipset family supports:

  • Moblin 2.1 Linux* (kernel 2.6.31, X.server 1.6.1)
  • kernel 2.6.27-5, X Server 1.5.3
  • Ubuntu Hardy* for MID 8,04: kernel 2,6.24,3, X-Server 1,4
  • Red Hat Embedded*: kernel 2,6.23, X-Server 1,3
  • Wind River Autograde*: kernel 2,6.21, X-Server 1,3

 

O Processador Intel® Atom™ Séries 400 e 500 tem suporte para:

  • kernel 2.6.27-5, X Server 1.5.3

 

Todos os outros chipsets compatíveis com os Drivers de gráficos embarcados Intel® têm suporte para:

  • kernel 2.6.27-5, X Server 1.5.3
  • kernel 2.6.21-1.3194, X Server 1.3

 

A versões do X Server citadas anteriormente correspondem aos diretórios Xorg-xserver do Linux dos Drivers de Gráficos Embarcados Intel®, que contêm os drivers quando o pacote do Linux dos Drivers de Gráficos Embarcados Intel® é expandido.

 

Para obter mais informações, faça o download da matriz de recursos dos Drivers de Gráficos Embarcados Intel 10.3.1 no Intel® Embedded Design Center.

 

8.  How do I install Fedora 10 and Intel Embedded Graphics Drivers on the customer reference board (CRB) for the Intel Atom processor 400 and 500 series?

 

Download or request document number 452607.

 

9.  Agora que eu instalei o Linux, como posso cloná-lo?

 

Baixe ou solicite o DOC Nº 449300, "Cloning Linux* Drives Using MondoArchive".

 

10.  Qual é um bom teste comparativo para o GL no Linux?

 

Freqüentemente o glxgears costuma ser sugerido como um método fácil de verificar se o GL está funcionando. A vantagem é que ele vem acompanhado com as distribuições do Linux. Infelizmente, o glxgears não exercita muito o GL, de modo que não é um bom comparativo com o GL. Its frames per second (FPS) report only measures copying from the render buffer.

 

Em vez disso, use o "glblur -fps" ou o "sierpinski3d -fps" para testar rigorosamente o sistema de gráficos. Esses programas são fornecidos com o conjunto xscreensaver (consulte o site http://www.jwz.org/xscreensaver, mas baixe o binário do repositório de sua distribuição ou do site http://rpmfind.net/Linux/rpm2html/search.php?query=xscreensaver).

 

A opção -fps indica o valor da carga da CPU com o relatório do FPS. O Glblur mantém a carga da CPU alta mas estável. O Sierpinski3d* varia sua carga de acordo com o número de polígonos que ele utiliza. Quando seus polígonos sobem para 4.096, a carga ultrapassa a do glblur e o FPS do sierpinski3d cai.

 

11.  Qual é a distribuição do Linux compatível com o Processador Intel® Atom™ Séries 400 e 500?

 

Atualmente, a única distribuição do Linux compatível para as plataformas baseadas no Processador Intel® Atom™ Séries 400 e 500 é a Fedora 10, kernel 2.6.27-5:

 

Conversas