• <Página inicial

Perguntas frequentes de Drivers de gráficos embarcados Intel®

Decodificação e codificação de vídeo

1.  Por que a rotação sempre surte impacto sobre o desempenho?

 

Os designs atuais de chipsets não têm suporte para a rotação no hardware. Para girar uma exibição, o driver deve repetir a renderização do buffer de quadros para apresentar girado, o que requer o uso do mecanismo 2D e 3D em cada quadro exibido. Isso acarreta as sobrecargas e limitações associadas à rotação. Para obter o melhor desempenho, use o vídeo em sua orientação nativa.

 

2.  O recurso de aceleração de hardware de conteúdo de vídeo de alta definição (HD) do VC-1 é suportado para o Microsoft Windows Media Player* e Drivers de gráficos embarcados Intel®?

 

Sim. Sim, a aceleração de hardware do conteúdo em vídeo HD tem suporte atualmente nos Drivers de gráficos embarcados Intel com Windows Media Player* que são executados com o Microsoft Windows XP através do ponto de entrada de compensação de movimento (MC) VC-1.

 

VC-1 720p ou o conteúdo de baixa resolução podem ser reproduzidos com taxas moderadas de uso da CPU, através do Windows Media Player 11 (WMP11). A reprodução com o conteúdo VC-1 de 1080p ou 1080i pode aumentar as taxas de uso da CPU para níveis inaceitáveis, ao usar o WMP11, porque este ainda utiliza a aceleração por hardware baseada em MC.

 

Nota: não há suporte para a aceleração por hardware do VC-1 com os Drivers de gráficos embarcados Intel no Windows CE.

 

Diversas versões do player de vídeo CyberLink PowerDVD* também são compatíveis com a decodificação do conteúdo de VC-1 acelerada por hardware, através do ponto de entrada Variable length decoding (VLD). Exemplos: PDVD compilação 3204, compilação 3116.

 

O método do ponto de entrada VLD utilizado pelo CyberLink PowerDVD para o conteúdo VC-1 é mais eficiente do que o Windows Media Player 11 e, com isso, o PowerDVD enfrentará taxas mais baixas de uso da CPU, ao decodificar o conteúdo do VC-1 HD.

 

Se sua versão do aplicativo PowerDVD reverter para decodificação de software, siga as instruções contidas nesta publicação técnica para modificar a configuração do registro e forçar o player de vídeo a usar a superfície do VMR7: Habilitar a reprodução de mídia acelerada por hardware na plataforma baseada no processador Intel® Atom™/chipset US15W do Intel® System Controller Hub (Intel® SCH) e nos Drivers de gráficos embarcados Intel - Estudo de caso usando o CyberLink PowerDVD* no Windows* XP.

 

3.  Quais são as principais diferenças entre os níveis e perfis de conteúdo de vídeo?

 

O perfil define a funcionalidade, como o algoritmo de compactação e o formato de Chroma, enquanto o nível define as capacidades quantitativas, como as taxas de bits comuns e máximas e o tamanho máximo dos quadros.

 

4.  Quais aplicações baseadas no Windows podem ser utilizadas para obter informações importantes sobre um arquivo de vídeo, como sua taxa de bits, codec, se o recurso de aceleração de hardware está presente ou não no chipset US15W do Hub da Controladora de Sistema Intel® etc.?

 

Use os analisadores de mídia disponíveis no mercado para obter as informações da taxa de bits e codecs. A maioria deles dispõe desse recurso. O media player informa se a aceleração de hardware está ativada ou não.

 

O PowerDVD8* da CyberLink é um media player que, geralmente, usa a aceleração de hardware no chipset US15W do Hub do Controlador de Sistema Intel, para decodificar o conteúdo de vídeo de alta definição.

 

5.  Quais são as diferenças entre os formatos de vídeo HD 1080i e 1080p e qual deles resulta uma saída de vídeo de qualidade superior?

 

Os dois formatos têm 1080 linhas por quadro. O 1080p resulta uma imagem de qualidade mais alta do que o 1080i, porque o conteúdo do 1080i foi capturado com entrelaçamento (“i”) e 1080p, com uma varredura progressiva (“p”). Os Drivers de gráficos embarcados Intel podem decodificar conteúdo de vídeo dos dois tipos.

 

6.  Nos Drivers de gráficos embarcados Intel e no chipset US15W do Intel System Controller Hub, há suporte para o Adobe Flash acelerado por hardware para gráficos e conteúdo de vídeo H.264?

 

Por enquanto, não.

 

7.  Quais são os dois pontos de entrada mais comuns para aceleração de hardware no chipset US15W do Intel System Controller Hub para os players de vídeo?

 

MC (compensação de movimento) e VLD (Variable Length Decoding).

 

8.  Que ponto de entrada em aceleração de hardware no chipset US15W do Intel System Controller Hub pelos vídeo players resulta em menos utilização da CPU?

 

O VLD resulta na menor utilização da CPU. O MC exige mais processamento no software, o que aumenta a taxa de utilização da CPU.

 

9.  Nos Drivers de gráficos embarcados Intel, existe suporte para quantas camadas de sobreposição? Quais são as diferentes camadas de sobreposição utilizadas para a decodificação de vídeo com os Drivers de gráficos embarcados Intel e o chipset US15W do Intel System Controller Hub no Windows?

 

Há suporte para duas camadas de sobreposição nos Drivers de gráficos embarcados Intel.

 

No Windows, a interface Microsoft DirectDraw* propicia um desempenho aprimorado de reprodução de vídeo e suporte para sobreposição primária. O suporte para a sobreposição secundária por meio de qualquer interface também é aceito para as configurações do modo Clone ou Dual Independent Display (configuração de tela estendida).

 

10.  Quais são as diferentes camadas de sobreposição utilizadas para a decodificação de vídeo com os Drivers de gráficos embarcados Intel e o chipset US15W do Intel System Controller Hub no Moblin*?

 

Há suporte para duas camadas de sobreposição nos Drivers de gráficos embarcados Intel.

 

No Moblin, a interface X11 Xv propicia um desempenho aprimorado de reprodução de vídeo e suporte para sobreposição primária. O suporte para a sobreposição secundária por meio de qualquer interface também é aceito para as configurações do modo Clone ou Dual Independent Display (configuração de tela estendida).

 

11.  Para os clientes interessados em levar os Drivers de gráficos embarcados Intel direto para a produção, o que eles devem fazer com os filtros de vídeo se existirem?

 

Os filtros de vídeo também são um aspecto dos codecs e reprodutores de vídeo. Quando aos codecs e reprodutores, os clientes devem entrar em contato com os respectivos fornecedores de codecs e mídia players, para obter as licenças de produção.

 

12.  Quais players de vídeo atualmente se beneficiam da aceleração de hardware no GenX e nos chipsets US15W do Intel System Controller Hub?

Os seguintes players de mídia costumam oferecer suporte para a aceleração de hardware para o MPEG2, MPEG4, H.264, VC-1 e WMVHD, com base no conteúdo de HD: CyberLink PowerDVD, Corel WinDVD* e ArcSoft TotalMedia Theatre*. A tabela abaixo contém uma lista dos players de mídia compatíveis, organizados por sistema operacional e hardware de codecs de vídeo acelerados pelo GenX e pelo chipset US15W do Intel System Controller Hub.

 

SO Combinações de Player e Codec Padrões Ponto de Entrada
Linux* Real Player* (RP4NB) v1.1 Gold com codec(s) MPEG-4/VC-1/H.264/VMV9/MPEG-2 VLD
Linux Splay-plugin-atlas-01.2.0 com codec Menlow 1.8.8.22 MPEG-4/VC-1/H.264/VMV9/MPEG-2 VLD
Linux Helix-player-1.0.9 com codec Menlow 1.8.8.22 MPEG-4/VC-1/H.264/VMV9/MPEG-2 VLD
Linux Mplayer* com codec FFMPEG 10 MPEG-4/VC-1/H.264/VMV9/MPEG-2 VLD
Windows* XP PowerDVD Ultra* 8.0 com patch de versão do codec 2810a H.264/MPEG-2 VLD
Windows XP Windows Media Player 11 com codec VC-1 VC-1/WMV9 MC
Windows CE Windows CE Player com Direct Show Filters dos Drivers de gráficos embarcados Intel® MPEG-4/H.264/MPEG-2 VLD

13.  Os Drivers de gráficos embarcados Intel são compatíveis com o VDPAU* ou libVA?

 

Os Drivers de gráficos embarcados Intel são compatíveis com VDPAU. VDPAU é a abreviação de decodificação de vídeo e API de apresentação para UNIX (Video decode and presentation API for UNIX*). A VDPAU é uma biblioteca de origem aberta e API, projetada originalmente pela NVIDIA, que dispõe de uma interface para compatibilidade com a decodificação de vídeo acelerado por hardware.

 

Nos Drivers de gráficos embarcados Intel há suporte para a Intel® Video Analytics API (Intel® VA API), que é uma tecnologia da Intel equivalente à VDPAU, para a compatibilidade com a decodificação de vídeo acelerada. O suporte para Intel VA-API foi integrado a vários players de mídia, incluindo MPlayer, RealPlayer*, VideoLAN* e outros.

 

Os Drivers de gráficos embarcados Intel continuam a oferecer suporte para as versões mais recentes da API de aceleração de vídeo (VA-API), permitindo que os chipsets embarcados com núcleos embarcados da unidade de processamento gráfico (GPU) exibam os recursos aprimorados de apresentação e decodificação de vídeo aos usuários dos Drivers de gráficos embarcados Intel no Linux.

 

LibVA é a única implementação da interface VA-API, com suporte oferecido pela Intel. Para obter outras informações sobre a VA-API, visite a página wiki da VA-API em: http://www.freedesktop.org/wiki/Software/vaapi.

 

Esclarecimento: ambas as interfaces, VDPAU e VA-API, são suficientemente genéricas para serem um padrão em todos os fornecedores.

 

14.  Os Drivers de gráficos embarcados Intel VA são compatíveis com que versão da Intel Video Analytics API (Intel VA API)?

 

Os Drivers de gráficos embarcados Intel são compatíveis somente com a Intel Video Analytics API (Intel VA API) 0.29. Os Drivers de gráficos embarcados Intel não são compatíveis com a Intel Video Analytics API 0.31.

 

15.  Qual é função da linha DXVAOptions no arquivo .inf?

 

A configuração deve ter "HKR, ALL\1\General , DxvaOptions, %REG_DWORD%, 1" definido com 1 para habilitar a aceleração por hardware. O driver da miniporta copia essas configurações .inf ao ser carregado. O driver a utiliza em ocorrências, como a decodificação acelerada por hardware.

 

16.  Quando combinados com uma plataforma com processador Intel Atom mais chipset US15W do Intel System Controller Hub, os Drivers de gráficos embarcados Intel podem acelerar por hardware o vídeo WMV ou H.264, usando a estrutura de aplicativos da Web Microsoft Silverlight*?

 

Assim como o plug-in argo do Adobe 10.1*, os Drivers de gráficos embarcados Intel - quando combinados com uma plataforma baseada no US15W do Intel SCH mais processador Intel Atom e um player de vídeo adequado - podem acelerar por hardware o vídeo WMV ou H.264. Contudo, os Drivers de gráficos embarcados Intel não contém atualmente qualquer código dedicado para oferecer suporte para animações e gráficos do Microsoft Silverlight. Quaisquer recursos do Microsoft Silverlight habilitados com plataformas embarcadas que utilizem Drivers de gráficos embarcados Intel são devidos aos recursos do navegador da Web e do sistema operacional da Microsoft, e não são causados necessariamente pelos Drivers de gráficos embarcados Intel.

Conversas