• <Página inicial

Perguntas frequentes sobre o Driver de mídia e gráficos embarcados Intel® (Intel® EMGD)

Configurações de dois vídeos

1.  O que são os dispositivos de saída de vídeo digital serial (SDVO) suportados pelo Intel® EMGD para outras saídas de vídeo do processador Intel® Atom™ série E6xx e do chipset US15W do Intel® System Controller Hub (Intel® SCH)?

 

O guia do usuário do Intel® EMGD do processador Intel Atom série E6xx e do chipset Intel SCH US15W recebe atualizações regularmente e relaciona todos os dispositivos SDVO atualmente suportados pelo Intel® EMGD através de drivers de porta. Os dispositivos SDVO listados na tabela abaixo são suportados atualmente pelo Intel EMGD, para as saídas do vídeo adicional. Observe que monitores duplos com saída de SDVO TV não são suportados no processador Intel Atom série E6xx (somente) devido à solução alternativa do software de recorte do SDVO.

Dispositivo Suporte para driver de vídeo VBIOS/EPOG/EFI Suporte para driver de gráficos
Saída Chrontel CH7022* RGB VGA / SDTV / HDTV
Sim Sim
Saída de DVI de porta única Chrontel CH7307*
Sim Sim
Saída de LVDS Chrontel CH7308*
Sim Sim
LVDS interno Sim Sim
Saída RGB de VGA Chrontel CH7317B* Sim Sim
Saída de HDMI* Chrontel CH7315* Sim Sim
Saída de DVI de porta dupla Chrontel CH7319* com HDCP Sim Sim
Saída de DVI de porta dupla Chrontel CH7320* Sim Sim
Silicon Image SiI 1362* Sim Sim
Silicon Image SiI 1364* Sim Sim
OKI ML7213* IOH (específico da placa OKI apenas para o processador Intel® Atom™ série E6xx; suporte limitado somente ao Linux MeeGo* 1.2). Sim Sim
Chrontel CH7036*-LVDS to HDMI/VGA/LVDS Converter Não Sim


2.  Quais são as configurações de exibição compatíveis com o Intel EMGD?

Atualmente, há suporte no Intel EMGD para quatro configurações de vídeo:

  • Único
  • Clone
  • Estendido
  • Dual independent head (DIH)


3.  Quais são as diferenças entre as configurações de exibição compatíveis com o Intel EMGD?


Single display (vídeo único): Somente um vídeo ativo, aceito por qualquer sistema operacional suportado pelo Intel EMGD. A configuração de hardware de vídeo Único abrange um buffer de quadros, um tubo e uma porta.


Exibição dual: Há suporte para a configuração de clone. Sob o prisma do hardware, o modo Clone abrange um buffer de quadros, dois tubos e duas portas.


Há suporte para a configuração estendida: Sob o prisma do hardware, o modo Estendido abrange dois buffers de quadros, dois tubos e duas portas. O Windows XP* e o Windows 7* usam o termo “Estendido” para descrever como o SO apresenta os vários vídeos independentes ao usuário. O recurso básico do modo Estendido é a possibilidade de um segundo vídeo se tornar parte adicional da região da Área de trabalho. Nos sistemas operacionais Windows XP*/XPe* e Windows 7*, o usuário deve usar a configuração Estendido (não DIH). Mais especificamente, a configuração Estendido gera um único buffer de quadros virtuais grandes, utilizado pelas aplicações. Áreas separadas do buffer de quadros virtuais são mapeadas para cada um dos buffers de quadros de vídeo independentes. A Intel desenvolveu o software Display Manager integrado ao Intel EMGD, habilitado quando um sistema está em execução na configuração Estendido. Xinerama* é o modo "estendido" compatível com o ambiente do Linux*. Não há suporte na distribuição Meego* para o Xinerama*. O suporte do Intel EMGD ao Xinerama* é uma distribuição apenas da Fedora* com as seguintes limitações: sem reprodução de vídeo e sem aceleração de hardware em modo 3D.


O Dual independent head (DIH) é compatível. Sob o prisma do hardware, o modo DIH abrange dois buffers de quadros, dois tubos e duas portas. A configuração DIH do Linux orienta dois vídeos simultaneamente, com conteúdo distinto, independente e não contínuo, cada qual com resoluções independentes.


4.  Quais são as principais diferenças entre as configurações de exibição dupla Estendido, Xinerama do Linux e DIH do Windows?


Sob o prisma do hardware, as configurações DIH, Linux Xinerama e Estendido do Windows são idênticas.


O Modo Estendido no Windows orienta dois vídeos simultaneamente, com conteúdo não contínuo, ao estilo widescreen, cada qual com resoluções independentes. A configuração DIH do Linux orienta dois vídeos simultaneamente, com conteúdo distinto, independente e não contínuo, cada qual com resoluções independentes.


Uma única imagem de widescreen não pode cobrir dois monitores no modo DIH, mas sim na configuração Estendido do Windows e na configuração Xinerama do Linux, com restrições. Não há suporte na distribuição MeeGo para o Xinerama. O suporte do Intel EMGD ao Xinerama é uma distribuição apenas da Fedora com as seguintes limitações: sem reprodução de vídeo e sem aceleração de hardware em modo 3D.


No nível de hardware, o DIH tem resoluções independentes, taxas de atualização e conteúdo, assim como o modo Estendido. No DIH, os dois monitores estão ativos e logicamente distintos.


Além disso, no DIH, cada imagem é bloqueada em um único monitor. Na configuração Estendido, dois monitores também estão ativos, mas formam uma grande área de trabalho virtual; ou seja, indistinta, em termos lógicos.


5.  Como obter uma Área de Trabalho Estendida em meu sistema Microsoft Windows XP* ou Windows XP Embedded*?


Acesse “Propriedades de vídeo” e selecione a guia “Configurações”. Você encontrará nessa guia dois vídeos. Escolha o segundo vídeo e habilite-o para desktop estendido, marcando a caixa “Estender a área de trabalho do Windows a este monitor” e clicando em Aplicar.


6.  Como configuro exibições duplas no meu sistema Microsoft Windows 7* ou Windows* Embedded Standard* 7?


As configurações de área de trabalho dos modos clone e estendido podem ser definidas pela Common User Interface (CUI). É possível acessar a CUI por vários métodos, como menu de contexto da área de trabalho, menu do ícone da bandeja, painel de controle do Windows ou por uma combinação de teclas.


7.  Posso configurar dois vídeos com diferentes intervalos e resoluções, mas com o mesmo conteúdo?


Sim, esta é a configuração de vídeo duplo, Clone. O Intel® EMGD oferecerá suporte para essa configuração se o hub do controlador de memória e gráficos (GMCH) tiver dois tubos. Cada tubo libera intervalos diferentes e, ocasionalmente, direciona a saída para um dispositivo de exibição. Consulte as seções de configuração de Clone no guia do usuário para obter instruções de implementação específicas da plataforma apropriada.


8.  É possível executar o OGL ou OGLES em ambas as telas, ao executar a configuração DIH no Linux?


Sim, para todas as versões X-Server compatíveis, é possível executar o OGL e o OGLES nas duas telas, com Aceleração por Hardware.


9.    É possível executar o OGL ou OGLES em ambas as telas, ao executar a configuração Xinerama no Linux?


Para o chipset US15W do Intel System Controller Hub e o processador Intel Atom da série E6xx, você pode executar o OGL e o OGLES ao executar o Xinerama; contudo, não será uma renderização acelerada por hardware. Provavelmente, ela será muito lenta.


10.    Eu vi alguns DOS de boot de sistema com duas exibições. Mas como isso é possível?


Algumas VBIOS foram desenvolvidas para usar uma técnica menos compatível de ignorar o modo definido e usar um modo Video Electronics Standards Organization (VESA) em vez do modo VGA a fim de permitir duas exibições de trabalho. A VBIOS embarcada nunca fez isso por causa dos riscos de incompatibilidade e das restrições de espaço do código no código da VBIOS. Recentemente, alguns drivers GMA e VBIOS também não implementaram esta solução alternativa porque alguns de seus produtos de destino (tablets ou celulares) não têm um segundo modo de exibição. Consulte a nota do aplicativo de uso de monitores duplos durante a inicialização ou no DOS.


Conversas