• <Página inicial
Masthead Light

Coprocessadores Intel® Xeon Phi™

Desempenho avançado para cargas de trabalho altamente paralelas

O que é o coprocessador Intel® Xeon Phi™?

Os coprocessadores Intel® Xeon Phi™ são placas adicionais do fator de forma PCI Express* que funcionam em sinergia com os processadores Intel® Xeon® para permitir ganhos de desempenho significativos para código altamente paralelo — até 1,2 teraFLOPS de precisão dupla por coprocessador.

Fabricado com a tecnologia de 22nm, líder do setor da Intel com transistores Tri-Gate 3-D, cada coprocessador apresenta mais núcleos, mais segmentos e unidades de execução de vetor maiores que um processador Intel Xeon. O alto grau de paralelismo compensa a velocidade mais baixa de cada núcleo para oferecer maior desempenho agregado para cargas de trabalho altamente paralelas.

Quais aplicativos podem beneficiar-se do coprocessador Intel Xeon Phi?

Enquanto a maioria dos aplicativos (80% a 90%) continuará a obter o máximo desempenho nos processadores Intel Xeon, certos aplicativos altamente paralelos se beneficiarão drasticamente com o uso dos coprocessadores Intel Xeon Phi. Para usufruir totalmente dos coprocessadores Intel Xeon Phi, um aplicativo deve adaptar-se bem a mais de 100 segmentos de software e fazer amplo uso de vetores ou usar com eficiência mais largura de banda de memória local do que a que está disponível em um processador Intel Xeon. Exemplos de segmentos com aplicativos altamente paralelos: animação, energia, finanças, ciências biomédicas, manufatura, médicos, setor público, meteorologia e muito mais. Saiba mais sobre desenvolvimento da Arquitetura Intel® de muitos núcleos integrados >

Quando devo usar processadores Intel Xeon e coprocessadores Intel Xeon Phi?

Quando devo usar processadores Intel Xeon® e coprocessadores Intel Xeon Phi™?

 

 

Pense em "reutilizar" em vez de "recodificar"

Como as linguagens, ferramentas e aplicativos são compatíveis tanto com os processadores Intel Xeon quanto com os coprocessadores Intel Xeon Phi, agora você já pode pensar em "reutilizar" em vez de "recodificar".

Um único modelo de programação para todo o seu código. O coprocessador Intel Xeon Phi oferece aos desenvolvedores um ponto de design de hardware otimizado para paralelismo extremo, sem a necessidade de reformular ou reescrever seu código. Não é preciso repensar o problema inteiro ou aprender um novo modelo de programação; basta recompilar e otimizar o código existente usando ferramentas, bibliotecas e tempos de execução familiares.

Multiplicador de desempenho. Mantendo um único código-fonte entre os processadores Intel Xeon e os coprocessadores Intel Xeon Phi, os desenvolvedores otimizam uma vez para o paralelismo mas maximizam o desempenho do processador e do coprocessador.

Flexibilidade de execução. Projetado desde o início para computação de alto desempenho. Diferentemente de uma GPU, um coprocessador pode hospedar um sistema operacional, ter IP totalmente endereçável e oferecer suporte a padrões como Interface de divulgação de mensagens ou MPI. Além disso, ele pode operar em vários modos de execução:

  • Modo "Simétrico": tarefas de carga de trabalho são compartilhadas entre o processador host e o coprocessador
  • Modo "Nativo": a carga de trabalho reside inteiramente no coprocessador e age basicamente como um nó de computação separado
  • Modo "Descarga": a carga de trabalho reside no processador host e partes da carga de trabalho são enviadas para o coprocessador conforme necessário. OBSERVAÇÃO: as GPUs SOMENTE podem ser executadas no modo e geralmente ficam ociosas.