A versão do navegador que você está usando não é recomendada para este website.
Considere a possibilidade de fazer a atualização para a última versão do seu navegador clicando em um dos links a seguir.

Se você estiver pronto para trocar seu PC ou se estiver tentando compartilhar arquivos entre seus computadores e seus dispositivos móveis, poderá economizar muito tempo se seguir as dicas abaixo.

Arquivos de e-mail! Muito fácil.

Você só vai querer usar esta opção se estiver tentando compartilhar arquivos menores, como fotos ou arquivos em MP3. A maioria dos servidores de e-mail em geral tem limites para o tamanho de arquivos e se tentarmos enviar para alguém um filme completo ou uma pasta com todas as fotos que tirou no seu cruzeiro ao Caribe, muito provavelmente seu e-mail será devolvido como impossível de entregar. Pode também ser incrivelmente demorado enviar arquivos grandes por e-mail para lá e para cá então, não se esqueça disso. Você pode usar o e-mail para compartilhar arquivos, mas isso só funciona com arquivos pequenos.

Pen drive

Pen drives (que também recebem outros nomes, como flash drives, unidades USB ou ZIP drives) são uma forma rápida e fácil de compartilhar arquivos entre computadores. A tecnologia também é incrivelmente fácil de usar e permite transferir arquivos para praticamente qualquer lugar. A única desvantagem é que a operação não pode ser feita remotamente — ainda é preciso levar o pen drive de um lugar para outro para poder fazer a transferência. Mas isso não é problema. Por que ficar em casa quando se tem uma excelente desculpa para fazer uma rápida visita ao melhor amigo e assistir a um filme juntos no pen drive?

Discos rígidos externos

Muitas pessoas consideram os discos rígidos externos lugares seguros para guardarem seus dados no caso de seus computadores quebrarem ou suas casas pegarem fogo, mas os discos externos também podem ser usados para compartilhar arquivos entre computadores. Um disco rígido externo pode funcionar como um pen drive muito maior. Quando este arquivo foi escrito, os maiores pen drives disponíveis no mercado tinham 256 GB e os maiores discos rígidos disponíveis tinham 4 TB. Assim, um disco rígido externo pode facilmente ser 16 vezes maior que um pen drive, permitindo o transporte de um número muito maior, se não todos, os seus arquivos.

Compartilhe arquivos ou pastas dentro da sua rede doméstica

Se você armazena todas as suas fotos, música ou filmes em um computador, esses arquivos ou pastas podem ser compartilhados dentro da sua rede doméstica de modo que outro computador ligado à mesma rede possa acessá-los. Se você estiver usando um computador com Windows* 8 poderá colocar seus arquivos em uma pasta pública ou poderá definir usuários específicos para terem acesso a qualquer pasta do seu disco rígido. Se estiver usando um Mac, o compartilhamento pode ser feito por meio do OS X Mountain Lion*. Qualquer que seja o seu sistema operacional, o método de unidade compartilhada oferece a capacidade de acessar sua biblioteca de música de qualquer cômodo da casa usando qualquer dispositivo que você tenha — transformando você em uma máquina de dançar viva onde quer que você esteja.

NAS (Armazenamento anexado à rede)

O armazenamento anexado à rede é basicamente uma combinação de discos rígidos externos e arquivos compartilhados, a não ser pelo fato de que os discos NAS estão ligados à rede e não a um computador específico. Os arquivos contidos nesses discos podem ser compartilhados de maneira controlada por qualquer pessoa que acesse a mesma rede. Isso significa que não é preciso deixar o computador ligado para ter acesso aos arquivos e que seus dados importantes podem ser guardados em um local central sem sobrecarregar seu notebook, tablet ou telefone.

Compartilhar arquivos na nuvem

Outra excelente ideia para compartilhamento é criar uma conta pessoal de armazenamento na nuvem. Além de permitir que você acesse seus arquivos de qualquer lugar e a qualquer momento, você poderá também dar acesso aos seus amigos e sua família. Esta é uma das formas mais simples de compartilhar arquivos entre computadores e o mais legal é que nem é preciso estar na mesma cidade, estado ou país. Se você ainda não tem uma conta pessoal de armazenamento na nuvem, pode ter acesso fácil e gratuito por meio de serviços comuns como Dropbox* e Google Drive*. Manter seus arquivos em armazenamento em nuvem pessoal também é uma excelente maneira de manter todos os seus gigabytes de música, filmes, fotos pessoais e outros arquivos insubstituíveis em segurança caso seu computador ou seu disco rígido apresentar defeito.

O que acontece quando você não tem acesso a uma unidade de armazenamento?

Pense um pouco — pode acontecer. Se você estiver fora de casa e estiver acessando a Internet de seu smartphone, pode encontrar alguma coisa que queira guardar ou compartilhar com um amigo, como uma receita, um vídeo engraçado do YouTube, ou uma ideia interessante de planta para sua casa. Não é só porque não se trata de um arquivo físico que você não possa marcá-lo postando links no Facebook ou guardá-lo na sua "pinboard" do Pinterest, ou até mesmo tweetar sobre ele.

 

Mais informações

Pronto para fazer a atualização?

Dicas de tecnologia