• <Home

Intel® I/O Acceleration Technology

Melhora a capacidade de resposta das aplicações de rede com uma movimentação de dados mais eficiente e uma redução da sobrecarga do sistema. Hoje os adaptadores de rede multi-portas GbE e 10GbE oferecem enormes fluxos de dados que exigem subsistemas avançados de E/S de servidor para evitar os gargalos de desempenho.

A Intel® I/O Acceleration Technology (Intel® I/OAT), um componente da Intel® Virtualization Technology for Connectivity, melhora o fluxo de dados em toda a plataforma para melhorar do desempenho do sistema.

 

Aceleração de E/S para cargas de trabalho consolidadas

Consolidação de servidor requer grandes quantidades de máquinas virtuais (VMs) por servidor físico. O Intel I/OAT ajuda a garantir que o tráfego de dados resultante não sobrecarregue a E/S do servidor:

  • Throughput: Melhora a integração da interface de rede da CPU para melhor desempenho de cópia de memória
  • Escalabilidade: Aumenta o controle sobre processamento de interrupções, incluindo priorização e alocação de recursos
  • Eficiência: Fornece uma alternativa para operações de cópia de memória do sistema para o usuário para cada pacote.

Juntos, esses recursos trabalham em harmonia para solucionar os gargalos em fluxo de dados em toda a plataforma.

 

Um pacote integrado de recursos de desempenho

A Intel I/OAT é um conjunto de tecnologias que individualmente contribuem para um maior desempenho.

Os recursos da aceleração avançada de dados Intel I/OAT na plataforma de computação:

  • A Tecnologia Intel® QuickData habilita cópia de dados pelo chipset, em vez da CPU, para mover dados mais eficientemente através do servidor e fornecer throughput rápido, escalável e confiável.
  • Direct Cache Access (DCA) permite que um dispositivo de E/S, como um controlador de rede, coloque os dados diretamente cache da CPU, reduzindo as perdas do cache e melhorando o tempo de resposta das aplicações.
  • Extended Message Signaled Interrupts (MSI-X) distribui as interrupções de E/S entre várias CPUs e núcleos para maior eficiência, melhor utilização da CPU, e maior desempenho de aplicações.
  • Receive Side Coalescing (RSC) agrega pacotes do mesmo fluxo de TCP/IP em um pacote maior, reduzindo os custos de processamento por pacote para processamento mais rápido de TCP/IP.
  • Interrupções de baixa latência ajustam os intervalos de tempo entre as interrupções dependendo da sensibilidade de latência dos dados usando critérios como número de portas ou tamanho de pacotes, para maior eficiência no processamento.