Como montar um PC para games

A montagem do seu próprio PC dará mais emoção à sua experiência com games e permitirá que você atualize os componentes a qualquer momento.

Descubra se construir um PC personalizado é a melhor opção para você nesta busca dos principais hardwares que maximizam seu desempenho em games.

É provável que se você chegou até aqui, pretende ir mais além e conquistar o mundo com sua própria plataforma de games. Ou talvez você esteja buscando desempenho melhor para ter domínio total sobre a concorrência. Ou ainda pode estar tentando entender se construir um PC para games é a melhor opção para você.

Contudo, não tem a menor importância saber onde você se encaixa nesse espectro porque nunca foi tão fácil montar seu próprio computador. Investir em um PC para games personalizado (ainda por cima construído por você) é o início de um relacionamento de longo prazo que se modificará conforme suas necessidades e suas exigências mudarem. Nunca houve tantas opções interessantes para configurar sua plataforma e equipá-la com detalhes personalizados.

Entretanto, a construção de um PC não é isenta de riscos para seu bolso ou sua paciência. É crucial verificar a compatibilidade entre os componentes e o hardware – dedique algum tempo ao processo de seleção e à instalação. As garantias dos componentes do PC diferem, portanto, certifique-se de estar preparado para montar seu novo PC com segurança – todos os fabricantes oferecem diretrizes e recursos de compatibilidade em seus sites na web.

Escolha o hardware para seu PC para games
Componentes, tais como processadores, placas gráficas, memória, motherboards e unidades de estado sólido (SSD) possuem disponibilidade imediata e atualmente são muito amigáveis, oferecendo facilidade na instalação e configuração do software. Há inúmeros recursos a sua disposição, desde tutoriais em vídeo feitos por jogadores, até manuais passo a passo em forma de texto oferecidos pelos principais sites de tecnologia. Na verdade, você poderá encontrar informações em excesso! Ao pesquisar, certifique-se de estar assistindo ou lendo algo recente – com no máximo três anos. O hardware e os periféricos estão melhorando o tempo todo.

Aqui estão os componentes mais comuns que você precisará para montar seu PC para games:

  • CPU/Processador
  • Motherboard
  • Memória (RAM)
  • Acelerador de Intel® Optane™ Memory (opcional)
  • Unidade de processamento gráfico (GPU) – também conhecida como placa gráfica
  • Armazenamento – SSD e/ou HDD
  • Unidade de fonte de alimentação (PSU)
  • Refrigeração do sistema – Refrigeração da CPU e fluxo de ar do gabinete
  • Gabinete
  • Periféricos para games (teclados, mouses, fones de ouvido)
  • Monitor de PC 

Orçamento e atualização do seu PC para games
A potência, a aparência e o desempenho do seu PC para games dependem principalmente do seu orçamento e da sua preferência pessoal. Na verdade, seu orçamento deveria ser o primeiro item a ser levado em consideração, já que ele comandará toda a sua tomada de decisão. Talvez a montagem de uma plataforma personalizada não custe menos do que um PC comprado na loja, mas você poderá economizar comprando seu hardware em sites de vendas ou de revenda. Outro benefício é o fato de você ter controle sobre quem é o fabricante das peças que compõem o seu sistema. Além disso, você evitará o custo da montagem, já que você próprio será responsável por essa tarefa. Felizmente, existe no mercado grande variedade de produtos excelentes, portanto, se seu orçamento estiver apertado, você poderá atualizar alguns componentes mais tarde.

Não abra mão das vantagens de fazer atualização para uma CPU, GPU ou outro hardware mais potente que melhore o desempenho do seu PC para games. Dessa forma, você provavelmente terá um equipamento preparado para ampliações futuras. Assim, quando houver o lançamento de um game excelente, mas muito exigente, seu PC estará preparado.

Componentes
Vamos dar uma olhada rápida na finalidade de cada hardware e como você pode saber qual é o melhor para suas necessidades em termos de games. Faça o máximo de pesquisa que puder para que tenha pelo menos uma ideia de quais produtos procurar. Outros jogadores podem ter postado seus componentes preferidos on-line ou mesmo ter divulgado um vídeo no YouTube*. Uma pesquisa inicial vai compensar no longo prazo!

No mínimo, você vai querer certificar-se de que seus hardwares são compatíveis e funcionam juntos. Uma rápida busca na web ou uma visita ao website do fabricante pode ajudar.

Unidade central de processamento (CPU)
Vamos começar pelo cérebro do sistema, a CPU. Você ouve falar muito sobre velocidades do clock, número de núcleos, megahertz, gigahertz e tudo isso está relacionado á CPU. Velocidades mais elevadas do clock permitem que o processador execute mais cálculos em um determinado período. A maioria das CPUs atuais têm múltiplos núcleos. Mais núcleos significa mais tarefas que a CPU pode desempenhar de uma só vez. Chamamos isso de magatarefa, que permite que você jogue + faça streaming + e grave, tudo ao mesmo tempo.

Motherboard
Se o processador é o cérebro, a motherboard pode ser comparada ao sistema nervoso. A CPU dá as orientações e depois a motherboard comunica-se com todos os outros componentes importantes no PC para games – placas gráficas, memória, discos rígidos, unidades ópticas e até tecnologias sem fio – para garantir que as tarefas da CPU sejam realizadas.

A seleção do processador e da motherboard devem ocorrer em conjunto, pois há requisitos de compatibilidade.

A Intel possui uma ferramenta excelente que pode ser utilizada – a Ferramenta de compatibilidade de desktop Intel®. Siga os passos simples para encontrar o processador Intel® que você possui (ou no qual está interessado) e uma lista de motherboards compatíveis.

Gráficos
Existem dois tipos de gráficos – integrados e discretos (também chamados “dedicados”). Os gráficos integrados vêm se aprimorando ao longo dos anos, como o gráficos Intel® Iris® Plus. Recentemente a Intel fez parceria com o grupo AMD® Radeon™ e desenvolveu a 8ª geração dos processadores Intel® Core™ i5/i7 com Placa de vídeo Radeon™ RX Vega M. Este tipo de solução integrada pode oferecer desempenho semelhante ao dos gráficos discretos para:

  • Assistir a filmes em HD/4K
  • Editar fotos/vídeos
  • Desfrutar de elevadas taxas de quadros ao jogar os games mais populares da atualidade

Em comparação, os ‘gráficos discretos’ (placas gráficas adicionais PCIe* da Nvidia ou AMD) são um pré-requisito para qualquer jogador sério que jogue games de alta tecnologia exigentes e para as principais soluções de realidade virtual. Uma placa gráfica possui uma unidade de processamento gráfico (GPU) integrada, que converte sinais de vídeo e executa cálculos complexos para transformar dados binários nos gráficos renderizados que vemos nos games.

Ao pesquisar uma GPU, uma boa medição do seu desempenho é a taxa de quadros. A taxa de quadros informa a velocidade com que uma imagem é atualizada na tela para produzir os movimentos, gestos, além da qualidade geral dos gráficos. A taxa de quadros é medida em quadros por segundo (FPS). Quanto mais quadros por segundo, melhor sua experiência com games. De modo geral, qualquer coisa abaixo de 60 fps irá decepcionar qualquer jogador sério – considere essa taxa como a linha de base para os gamers. Por outro lado, a uma taxa consistente e estável de 90 fps, você está pronto para os jogos de Realidade Virtual.

Existem dezenas, ou mesmo centenas, de sites na web com análises técnicas e comparações de PCs para saber o que há de disponível no mercado. Confira alguns desses sites para comparar produtos com base na FPS ou em outras medições para games/aplicações que sejam mais importantes para VOCÊ. Não se esqueça de que placas gráficas e GPUs têm que trabalhar com outros hardwares, como a motherboard, a unidade de fonte de alimentação, memória, além da CPU. Sempre procure ter certeza de que a placa gráfica que você escolheu poderá ser instalada na sua motherboard.

Memória/RAM
A RAM, ou memória de acesso aleatório, ajudará seu PC de games a acessar arquivos rapidamente e a executar múltiplas instruções ao mesmo tempo, sem atraso. Você deseja certificar-se de que seu sistema possui um volume de RAM suficiente para qualquer software que necessite acessá-la. Se seu orçamento é limitado, uma excelente adição a qualquer sistema com HDD é a Intel® Optane™ Memory. É uma excelente maneira de acelerar seu sistema! Embora 8 GB de RAM atendam perfeitamente, os principais entusiastas por games usarão 16 Gb de RAM, ou mais, em suas plataformas. Dependendo da configuração da sua motherboard, os sistemas em geral suportam até 64 GB de RAM. A plataforma X299 da Intel suporta até 128 GB!

Sistema operacional
Quando você monta seu próprio PC para games, é você quem escolhe o sistema operacional. Pense nos programas e aplicações que você vai rodar (além dos games) e certifique-se de que o SO que escolheu vai funcionar bem com todos eles. Os sistemas operacionais mais comuns são Windows* 10, Linux* e Mac* OS, mas também há outras opções.

Armazenamento: Unidade de estado sólido ou Disco rígido
Sua próxima decisão é SSD ou HDD ou ambos? Muitas pessoas acreditam que um PC para games de alto desempenho requer uma SSD para tempos de carregamento de games super-rápidos e capacidade de resposta quase imediata.

As SSDs modernas têm dois protocolos na forma de SATA ou Memória não volátil Express* (NVMe *). SATA é um protocolo mais antigo com desempenho sólido, ao passo que NVMe é mais novo e utiliza pistas PCI Express* para maior largura de banda. NVMe também possui menor latência que SATA, o que significa que pode responder mais rapidamente. A melhor SSD NVMe da Intel, a 900p, pode ler sequencialmente até 2500MB/s, enquanto as SSDs SATA atingem no máximo 560MB/s.

Uma configuração comum associa o melhor de dois mundos e utiliza uma SSD de menor capacidade combinada a um disco rígido. Você terá tempos de carregamento mais rápidos, eficiência em termos de custo e capacidade de armazenamento. Para ajudar a escolher o modelo certo (ou os modelos certos), não se esqueça de verificar de quanto armazenamento precisará para os games que deseja jogar e pense nas outras coisas – arquivos, música, vídeos – que também poderá armazenar lá.

Unidade de fonte de alimentação (PSU)
Jogadores experientes lhe dirão – não subestime a importância da fonte de alimentação! Não é boa ideia tentar economizar nesta área. A qualidade da sua PSU é importante. Faça pesquisa e certifique-se de que a PSU que você escolheu é compatível com a carga de seus outros componentes. A compra de uma marca confiável, com excelente garantia, manterá seus componentes em segurança!

Refrigeração
Qualquer PC ou plataforma de games de alta tecnologia vai gerar muito calor. Algumas CPUs já são comercializadas com ventilador do dissipador de calor, mas outras, não. É neste ponto que você precisa comprar uma solução de refrigeração de terceiros. De modo geral, as placas gráficas já vêm com ventoinhas embutidas para dissipar parte do calor. Além disso, os gabinetes de PCs muitas vezes já têm instalados ventiladores de entrada e de exaustão. Isso é em geral suficiente para um PC comum, mas se você estiver interessado em fazer overclocking da sua CPU e em elevar seu game a um nível superior, você precisa de um sistema de refrigeração.

Existem duas opções principais – ar ou líquido. Um sistema de refrigeração a ar é geralmente mais econômico e mais fácil para os novatos incorporarem a uma montagem, enquanto os sistemas de refrigeração a líquido podem ser mais caros, mas oferecem resultados melhores. Contudo, estes últimos podem ser mais difíceis de instalar. Além disso, verifique quanto espaço você tem no gabinete para ventiladores ou tubos. Mais uma vez, a escolha da sua CPU vai definir grande parte desta tomada de decisão.

Gabinete
A escolha de um gabinete também é importante, pois eles são disponibilizados em diversos estilos, tamanhos e configurações para que você possa personalizar sua montagem. Se você fizer um investimento sólido em seu gabinete, ele deverá resistir a várias montagens ou atualizações.

Há vários pontos a considerar na escolha de um gabinete. Primeiro, pense nos seus componentes – todos eles vão caber no gabinete? Há espeço adicional para mais unidades e atualizações? Você deseja incluir um sistema de refrigeração ou ventoinhas extras?

E o gerenciamento de cabos? Acesso às suas unidades? Você precisará considerar tudo isso quando escolher o gabinete do seu próximo PC, além de determinar se ele é compatível com sua motherboard.

Periféricos para games
A preferência pessoal é o principal fator a considerar na compra de periféricos. Por isso, recomendamos uma visita às lojas de varejo da sua região para testar a comodidade de vários modelos antes de tomar uma decisão. Os periféricos para games incluem recursos como teclas/botões extras, personalização de software e até retroiluminação colorida.

Como juntar tudo
Depois que você tiver todos os componentes do seu PC para games, é hora de instalá-los. Você é quem decide como instalar todas essas peças e em qual ordem. Se você dedicou, antecipadamente, tempo suficiente pesquisando seus componentes e a compatibilidade entre eles, deve ser fácil montar seu PC para games. Tenha calma, siga sempre as instruções do fabricante e tenha cuidado, pois há eletricidade de verdade circulando ali – e divirta-se com o processo.

Eis o que esperar

Apresentamos um quadro para comparar um sistema com um processador com 3 anos de uso versus nossa atual 8ª geração dos processadores Intel® Core™ com outro hardware quase idêntico.

Desempenho Configuração completa

•       Jogabilidade até 64% mais estável1 2 com uma plataforma com a 8ª geração dos processadores para desktop Intel® Core™ i7+ quando comparado a um PC com 3 anos de uso.

•       Desempenho em megatarefa até 54% melhor1 3 com uma plataforma com a 8ª geração dos processadores para desktop Intel® Core™ i7+ quando comparado a um PC com 3 anos de uso.

•      Até 137 fps1 3 durante o streaming e a gravação com uma plataforma com a 8ª geração dos processadores para desktop Intel® Core™ i7+

Sistema 1:
Processador Intel® Core™ i7+ 8700K, PL1 = TDP de 95W, 6C12T, Turbo de até 4,7GHz, Motherboard: ASUS Prime Z370A, Placa de vídeo: NVIDIA GTX 1080Ti, Memória: DDR4 2x4GB, Armazenamento: 1TB Western Digital WD1003F2EX 7200RPM + Intel® Optane™ Memory 32GB, SO: Windows* 10 RS3 Build 1709, BIOS Versão 609 com MCU 0x84

Sistema 2:
Processador Intel® Core™ i7+ -4790K, PL1 = TDP de 88W, 4C8T, Turbo de até 4,4GHz, Motherboard: H97M Plus, Placa de vídeo: NVIDIA GTX1080Ti, Memória: DDR3-1600 2x4GB, Armazenamento: 1TB Western Digital WD1003F2EX 7200RPM, SO: Windows* 10 RS3 Build 1709, BIOS Versão 2603 com MCU 0x24

Produtos e tecnologia

Saiba mais sobre as tecnologias Intel® que ajudam a proporcionar experiências excelentes com games.

Processadores Intel® Core™ desbloqueados para desktop

Escolha um processador Intel® Core™ desbloqueado para fazer overclocking da CPU e veja como seu PC pode trabalhar rápido.

Saiba mais

Unidades de estado sólido Intel®

A tecnologia Intel® Optane™ e as Unidades de estado sólido (SSD) série 750 acrescentam alto desempenho com classe de workstation e resistência líder do setor ao seu sistema de games. Os gráficos de alta resolução carregam mais rápido, os detalhes renderizam com mais clareza e os games rodam com mais estabilidade.

Saiba mais

Tecnologia Intel® Optane™

A tecnologia Intel® Optane™ é uma nova classe superior de memória não volátil que oferece acesso rápido a grandes conjuntos de dados e oportunidades perfeitas para experiências extraordinárias com games.

Saiba mais

Informações de produto e desempenho

1

É possível que os resultados de benchmark relatados acima precisem ser revisados conforme testes adicionais forem realizados. Os resultados dependem das configurações específicas da plataforma e das cargas de trabalho utilizadas no teste, e podem não ser aplicáveis aos componentes, ao sistema de computador ou às cargas de trabalho de um usuário específico. Os resultados não necessariamente representam outros benchmarks, e outros resultados de benchmark podem mostrar um impacto maior ou menor das atenuações. 

2

Talvez o software e as cargas de trabalho utilizados nos testes de desempenho tenham sido otimizados apenas para desempenho em microprocessadores Intel®. Testes de desempenho, como SYSmark e MobileMark, são medidos usando sistemas de computação, componentes, software, operações e funções específicos. Qualquer modificação em algum desses fatores pode provocar variação nos resultados. Consulte outras informações e outros testes de desempenho para ajudá-lo a avaliar melhor as suas compras, incluindo o desempenho desse produto quando combinado com outros produtos. Para informações mais completas sobre os resultados de desempenho e de parâmetros de comparação, acesse http://www.intel.com.br/benchmarks.

Conforme medido pela carga de trabalho FPS de games comparando a 8ª geração do Intel® Core™ i7+ 8700K (com módulo de memória Intel® Optane™ de 32 GB) versus o Intel® Core™ i7-4790K (somente com disco rígido).

3

Talvez o software e as cargas de trabalho utilizados nos testes de desempenho tenham sido otimizados apenas para desempenho em microprocessadores Intel®. Testes de desempenho, como SYSmark e MobileMark, são medidos usando sistemas de computação, componentes, software, operações e funções específicos. Qualquer modificação em algum desses fatores pode provocar variação nos resultados. Consulte outras informações e outros testes de desempenho para ajudá-lo a avaliar melhor as suas compras, incluindo o desempenho desse produto quando combinado com outros produtos. Para informações mais completas sobre os resultados de desempenho e de parâmetros de comparação, acesse http://www.intel.com.br/benchmarks.

Conforme medido pela carga de trabalho de "mega-tasking" comparando a 8ª geração do Intel® Core™ i7+ 8700K (com módulo de memória Intel® Optane™ de 32 GB) versus o Intel® Core™ i7-4790K (somente com disco rígido).