A Realidade Virtual oferece soluções empresariais para uma nova fronteira

Capacitados pela nova tecnologia de computação, os desenvolvedores estão criando aplicações comerciais incríveis para Realidade Virtual.

A maioria das pessoas sabe que a Realidade Virtual é excelente para games e entretenimento, mas a Realidade Virtual também está oferecendo soluções criativas eficazes para as empresas.

Simulações digitais realistas habilitam as empresas a operar com eficiência em setores da indústria altamente competitivos.

Graças às recentes inovações em hardware de computação, uma ampla gama de profissionais começou a integrar a tecnologia de Realidade Virtual a seus fluxos de trabalho.

O impacto da Realidade Virtual já foi sentido em varejo, arquitetura, educação médica e na indústria automotiva, e a tecnologia beneficia muitas outras áreas profissionais.

“Nós da Intel trabalhamos com diversas empresas. Nós desenvolvemos parcerias com empresas cujas ideias apresentam um valor inicial”, disse John F. Bonini, Vice-Presidente do Grupo de computação cliente, Gerente geral de esportes e games da Intel Corporation. Quando os parceiros têm dúvidas sobre como aplicar suas ideias de Realidade Virtual para a empresa, “a Intel ajuda as pessoas a obter as respostas”, disse ele.

Uma dessas empresas é a Realidade Virtual Motion Corp., fundada pelo ex-piloto de corridas Dominic Dobson. Embora Dobson tivesse competido durante anos nas 500 Milhas de Indianápolis, ele nunca havia se arriscado na Subida Internacional de Pikes Peak nas Montanhas Rochosas, uma corrida ladeira acima reconhecidamente difícil. Após treinar exclusivamente em uma simulação virtual do trajeto, ele conquistou o primeiro lugar.

Na esteira do seu sucesso, Dobson fez parceria com a Intel para desenvolver os simuladores Realidade Virtual Driver Training para a indústria automotiva. Sua tecnologia, que representa com exatidão a aceleração, o uso dos freios e condução de veículos, possui muitas aplicações comerciais.

Este ano, a Realidade Virtual Motion Corp. fez parceria com a fabricante de automóveis Honda, permitindo que os clientes potenciais façam test drive virtual do Civic Si* em eventos públicos.

Com aplicações como o Realidade Virtual Driver Training, a realidade virtual está transformando o mundo automotivo, mas este é apenas um uso das simulações com VR. Como a tecnologia é extremamente versátil, a Realidade Virtual pode ser adaptada a muitos ambientes comerciais.

Por exemplo, o software de merchandising da InContext Solutions permite que os varejistas otimizem o espaço de prateleira e armazenem os layouts em Realidade Virtual. Trabalhando com cadeias de varejo de âmbito nacional, tais como a Walgreens, a InContext utiliza a tecnologia de pesquisa Lidar para construir modelos 3D de espaços de varejo dentro de uma simulação por computador.

Esse processo permite que os comerciantes experimentem um novo design de loja em Realidade Virtual antes de tomarem decisões de alto custo para lançar um modelo para diversas lojas. Além de aprimorar a eficiência, o merchandising visual permite que os varejistas experimentem layouts de lojas pouco convencionais que geralmente são cruciais para atrair clientes novos e orientar as vendas.

Com o advento das compras on-line, “os varejistas físicos estão tendo que repensar a experiência dos consumidores para fazer com que entrem na loja”, disse Mark Hardy, CEO da InContext Solutions. “O desafio para os varejistas é como reinventar a si próprios”.

A realidade virtual é uma ferramenta poderosa para as empresas e os sistemas Realidade Virtual requerem hardware potente. Embora a Unidade de processamento gráfico (GPU) seja muitas vezes considerada o elemento principal de um sistema de Realidade Virtual este conceito não está correto. O uso da Realidade Virtual envolve a plataforma inteira, não apenas a placa gráfica.

A plataforma Intel desempenha uma função muito importante em um sistema de Realidade Virtual. A Intel dedica-se a dar suporte à Realidade Virtual com soluções horizontais, que incluem processador, memória e E/S.

Isso começa com um processador Intel® Core™ i7, já que o componente é responsável pelo gerenciamento de muitas tarefas em sistemas Realidade Virtual. Em primeiro lugar, a CPU oferece rastreamento da posição, de modo que a simulação pode determinar a localização das mãos e do corpo do usuário.

Além disso, a CPU é responsável por controlar o áudio espacial, que permite que sinais de áudio sincronizem-se com os comportamentos do usuário à medida que este se desloca por um ambiente virtual. Da mesma forma, a CPU governa a física complexa, de modo que os objetos da simulação comportem-se de maneira acreditável. Todas essas tarefas somam-se à obrigação da CPU de alimentar as informações da GPU para obter os materiais. É cada vez mais importante que o processador esteja à altura dessas tarefas.

Outras tecnologias Intel® também são importantes para a execução estável da Realidade Virtual.1 Capaz de transmitir grande quantidade de dados do computador para o headset, a tecnologia Intel® WiGig libera os usuários de Realidade Virtual de cabos volumosos, permitindo que se desloquem desimpedidos enquanto usam o headset.

Do mesmo modo, a tecnologia Intel® Optane™ ajuda a suavizar o carregamento de telas não interativas, que muitas vezes, literalmente, deixam o usuário no escuro enquanto a próxima parte da simulação está carregando.

Apesar de tanta atenção aos detalhes poder parecer exagero, fatores como fluidez, realismo e veracidade são extremamente importantes para a experiência geral. Segundo Dobson, a imersão total melhora a retenção pela memória em até 30%. Para os funcionários treinados com Realidade Virtual, uma Realidade Virtual aprimorada proporciona melhor desempenho no trabalho.

Simulações de Realidade Virtual perfeitas são particularmente importantes para as empresas como a Blausen Medical, cujo objetivo é educar. A Blausen concede licença de sua premiada biblioteca de animações médicas a universidades, onde são usadas para ensinar aos futuros médicos as estruturas complexas do corpo. A primeira incursão da empresa na Realidade Virtual encolhe o usuário até o tamanho de um átomo para que os alunos possam ter a experiência com moléculas e proteínas em uma escala enorme.

A tecnologia de Realidade Virtual leva as empresas a lugares que antes seriam impossíveis. Com a ajuda da plataforma Intel, a Realidade Virtual apresenta uma nova dimensão para as empresas prosperarem.

Recursos adicionais

A realidade virtual comercial adiciona dimensão à visualização de dados

Ao aproveitar os pipelines de CPU otimizados e o poder do processamento paralelo dos processadores Intel®, o comercial virtual do motor de renderização da Virtual Cove, o Visualizer*, os limites da análise de dados foram expandidos com virtualizações ricas e imersivas que ajudam as empresas a experimentar seus dados de um novo modo que revela ainda mais insights.

Leia mais sobre as soluções de realidade virtual comercial

Solução de VR aprimora o treinamento corporativo

A Intel espera um excelente ROI graças ao uso de uma solução de VR baseada em VIVE* para treinamento corporativo em segurança elétrica.

Leia o estudo de caso

Aprimore sua experiência de desenvolvimento de Realidade Virtual


Capacitados pela nova tecnologia de computação, os desenvolvedores estão criando aplicações comerciais incríveis para Realidade Virtual.

Informações de produto e desempenho

1

Os recursos e benefícios das tecnologias Intel® dependem da configuração do sistema e podem requerer hardware habilitado, software específico ou ativação de serviços. O desempenho varia dependendo da configuração do sistema. Nenhum produto ou componente pode ser totalmente seguro. Consulte o fabricante ou o revendedor de seu sistema ou saiba mais em https://www.intel.com.br.