Como a CPU afeta a sua experiência de jogos

Destaques:

  • Animações de multidões de NPC

  • Física da destruição

  • Simulação de tecido

  • Paralelização em CPU

  • Processamento da IA

BUILT IN - ARTICLE INTRO SECOND COMPONENT

Saiba como as CPUs afetam a sua experiência de jogos. Jogos como Total War: THREE KINGDOMS e HITMAN 2 são dimensionados de acordo com a potência da sua CPU para jogos.1

Jogar na configuração máxima costuma revelar as intenções do desenvolvedor. Isso pode se traduzir em experiências mais completas e realistas, além de detalhes mais minuciosos. Porém, não é possível simplesmente usar um interruptor e “habilitar” configurações como distância de renderização, simulação de tecido e física da destruição. Cada um deles é dimensionado conforme a qualidade do seu hardware.

Mas como é que ter uma CPU de maior qualidade se traduz em uma jogabilidade mais robusta? Perguntamos aos diretores técnicos de Total War: THREE KINGDOMS e HITMAN 2, dois jogos que demonstram como CPUs poderosas afetam a sua experiência de jogos.

Total War: THREE KINGDOMS

Em um jogo de estratégia em tempo real, como o Total War: THREE KINGDOMS, batalhas épicas significam exércitos de proporções épicas. A verdade, porém, é que contabilizar cada tropa no campo pode ser extremamente desgastante para o seu computador.

“As batalhas de Total War são únicas devido à sua escala”, afirmou o diretor técnico de THREE KINGDOMS Chalie Dell. “Modelamos milhares de soldados com um grande grau de detalhamento aplicado a cada um deles em termos de animações, interações, decisões de pathfinding e assim por diante.”

Além disso, a CPU muitas vezes executa várias tarefas ao mesmo tempo, dependendo do que está sendo exibido na tela. “Vejamos como exemplo uma cena em que duas enormes linhas de frente com milhares de soldados estão lutando, e a câmera se aproxima bastante”, diz Dell. “Nessa situação, o tempo da CPU vai ser dividido entre combates de entidades baseada em agentes, mecânica de colisão e a construção de pilhas de matriz para desenhar todas as entidades.” Em outras palavras, a CPU precisa administrar a presença e as interações de milhares de NPCs ao mesmo tempo.

Essas situações são mais bem mediadas por paralelização, um processo que envolve a delegação de tarefas de processamento a diferentes núcleos em uma CPU multinúcleo. Assim, o desempenho de THREE KINGDOMS é dimensionado de acordo com o número de núcleos disponíveis. “Quanto mais núcleos a máquina tiver à disposição, mais soldados poderão ser exibidos em qualquer período determinado”, disse Dell. “Isso é mais bem ilustrado no novo Dynasty Mode de Total War: THREE KINGDOMS, em que é possível aumentar o número de unidades em 500%. Quanto mais núcleos a CPU tiver, melhor será a taxa de quadros.”

No entanto, ter vários núcleos não é o único ponto importante. “Certos aspectos da nossa simulação são paralelizados com menos facilidade, como o processamento de IA”, explicou Dell. “Quando uma grande quantidade de instruções como essa é executada em um único núcleo, um clock mais veloz é desejável para que tudo rode sem problemas.”

A CPU tem várias funções ao impulsionar jogos. “O desempenho linear e a distribuição da carga de trabalho por vários núcleos são qualidades desejáveis para as CPUs dos jogadores de Total War”, concluiu Dell.

HITMAN 2

Das agitadas ruas de Mumbai a um autódromo colorido em Miami, os ambientes detalhados de HITMAN 2 obtêm benefícios evidentes ao usar uma CPU com mais núcleos. “O HITMAN 2 no PC é capaz de aumentar a qualidade, utilizando a potência adicional proporcionada por mais núcleos”, afirmou o diretor técnico de HITMAN 2 Maurizio De Pascale.

O HITMAN 2 chega a dividir as configurações de jogo em três diferentes níveis da “simulação de CPU”: “base” é o padrão para máquinas com quatro núcleos, “better” é o padrão para máquinas com seis núcleos e “best” é o padrão para qualquer máquina com mais de oito núcleos.

Então, como a CPU afeta o desempenho quando se escolhe jogar com a configuração “best”? “Ela afetará elementos como áudio, multidões, simulação de tecido, animação de NPC e destruição, só para citar os mais importantes”, disse De Pascale. “As multidões serão mais densas e, ao mesmo tempo, oferecerão mais variedade visual com animações e comportamentos específicos. Por exemplo, no nível de Miami, você verá muitas delas agitando bandeiras de tecido simulado.”

Embora o maior nível de HITMAN 2 contenha até 300 NPCs, somente uma pequena fração de NPCs recebe, de fato, uma atualização completa em cada quadro. Em outras palavras, é possível observar uma taxa de quadros menor nas animações de alguns NPCs do que de outros, dependendo de quantos estão na tela ao mesmo tempo. “Isso pode fazer com que NPCs que estão ao longe sejam atualizados a uma frequência menor e se manifestem com falhas visíveis em suas animações”, disse De Pascale. Ter mais núcleos aumenta a quantidade de NPCs que recebem uma atualização completa por quadro, com o nível “base” atualizando 40 NPCs, o nível “better” atualizando 80 e o “best” atualizando 120.

A densidade da multidão não é o único elemento importante afetado pela potência da CPU do jogador. Ao usar a configuração “best”, os objetos destrutíveis são capazes de produzir mais partículas e estilhaços. Até os efeitos de áudio se beneficiam diretamente do acesso a mais núcleos. “Nas CPUs com maior número de núcleos, usamos um algoritmo mais pesado para a reverberação de convolução, o que resulta em uma experiência de áudio que tem menos cara de jogo e é mais realista e envolvente”, descreveu De Pascale. Por exemplo, ao usar a configuração “best”, o som de um tiro na sala ao lado terá a reverberação da sala em que o Agente 47 está, que é a forma como se ouviria o tiro pessoalmente. Porém, ao usar uma configuração inferior, pode ser que o som da arma obtenha a reverberação da sala em que se originou, resultando em uma experiência menos realista.

O realismo e a imersão são a essência que faz o HITMAN 2 ser uma experiência impressionante quando jogado com uma CPU de ponta. Apesar de Pascale dizer que os jogadores que usam as configurações “base” e “best” encontrarão jogabilidade idêntica, ele afirmou que jogar com as melhores configurações aumenta a qualidade geral da experiência. “De certo modo, a experiência impulsionada por vários núcleos no PC para jogos é a que mais se aproxima do que nossos designers imaginaram originalmente para o jogo”, disse De Pascale.

Jogos com mais nitidez

Resumindo, as CPUs administram uma multiplicidade de elementos que tornam o jogo mais realista e tornam a construção de mundos mais abrangente. Entretanto, saber exatamente como as CPUs afetam a sua experiência de jogos faz de você um melhor proprietário de PC e um jogador mais consciente.

Informações de produto e desempenho

1Nomes e marcas que não sejam a Intel, o logotipo da Intel ou as marcas da Intel podem ser reivindicados como propriedade de terceiros.