Como escolher uma CPU para jogos

Os processadores vêm com uma série de especificações e recursos que podem afetar o desempenho dos jogos. Nós vamos te ajudar a reduzir a lista de candidatos para que você possa encontrar a CPU de jogos perfeita para você.1 2

Para aproveitar ao máximo o seu PC desktop ou notebook, é importante garantir que a sua CPU esteja à altura do desafio.

Apesar das CPUs serem robustas e durarem muitos anos quando bem cuidadas, a tecnologia dos PCs está em constante evolução. As CPUs para jogos mais recentes utilizam velocidades de clock mais rápidas, caches maiores e mais threads, permitindo um melhor desempenho quando combinadas com um hardware moderno compatível.

A área de jogos se beneficia bastante dessa evolução. A CPU influencia substancialmente muitos aspectos dos jogos mais recentes, incluindo:

No fim das contas, encontrar o melhor processador para jogos para o seu PC depende do que você espera obter de sua experiência com jogos e de como você usa o seu sistema.
O primeiro passo é escolher esse sistema.

1º Passo: Descobrir o que você precisa em uma CPU

Antes de tomar uma decisão a respeito da CPU, pense em onde deseja usar seu PC. Você procura portabilidade ou prefere uma experiência de desktop? (Para ajudar em sua decisão, aprenda mais sobre Notebooks para Jogos vs Desktops para Jogos.)

Em seguida, considere como planeja utilizar o seu novo sistema. Para os fins deste artigo, estamos supondo que você utilizará o seu PC para jogos, porém, tarefas como transmissão, edição de vídeos ou aplicações profissionais também podem influenciar as suas escolhas de hardware.

Tenha em mente essas considerações enquanto abordamos termos como número de núcleos e velocidade do clock, que são importantes ao comparar CPUs.

2º Passo: Aprenda como a CPU funciona

Quando definir o tipo de sistema em que jogará, o próximo passo é armar-se com conhecimentos básicos sobre como o processador afeta o desempenho do seu sistema. Saber como a velocidade do clock e número de núcleos influenciam a sua experiência nos jogos ajudará a garantir que compre uma CPU que permita que você faça tudo o que quiser.

Quantidade de núcleos da CPU

As CPUs modernas para jogos possuem vários núcleos. Cada um desses núcleos age como um processador adicional, permitindo que a CPU processe múltiplas instruções ao mesmo tempo.

Muitos jogos para PC utilizam vários núcleos, mas um maior número de núcleos é ainda mais importante ao realizar tarefas com uso intensivo da CPU fora dos jogos, como codificar vídeos ou utilizar programas complexos para criação de conteúdo de alto nível.

Se você estiver utilizando a sua CPU para mais do que apenas jogos, como, por exemplo, transmitir sua tela enquanto joga, núcleos adicionais podem fazer uma boa diferença. Uma CPU com mais núcleos pode gerenciar cargas de trabalho com as quais uma CPU de núcleo único poderá ter dificuldade, mesmo uma com velocidade de clock muito alta.

velocidade do clock da cpu

A velocidade do clock da CPU (também chamada de taxa ou frequência do clock) é o número de ciclos que uma CPU pode executar em 1 segundo. É uma consideração básica, mas de importância fundamental ao escolher uma CPU. As CPUs modernas executam bilhões de ciclos por segundo, logo, a velocidade do clock é medida em giga-hertz (GHz). É possível ler mais sobre velocidade de clock e ciclos da CPU aqui e aprender como essas métricas podem afetar a sua experiência com jogos.

De modo geral, quanto maior a velocidade do clock por núcleo, melhor. Ao escolher uma nova CPU, procure as mais altas velocidades do clock possíveis dentro do seu orçamento, além de garantir os núcleos/threads necessários para as suas cargas de trabalho.

3º Passo: Considere os recursos adicionais da CPU

Além das métricas simples como a velocidade do clock e o número de núcleos, há outros recursos que devem ser considerados ao escolher uma nova CPU.

Placa ráfica integrada

A maioria das CPUs Intel® usam gráficos integrados, o que quer dizer que podem exibir gráficos na tela sem a necessidade de uma GPU dedicada. Os gráficos integrados podem ser úteis, especialmente para solucionar possíveis problemas envolvendo uma GPU dedicada.

Gráficos integrados também podem ser úteis para o trabalho com edição ou transmissão de vídeo. Por exemplo, o Intel® Quick Sync Video é um recurso integrado em CPUs Intel® modernas que codificam e decodificam rapidamente arquivos de vídeo, liberando potenciais recursos do sistema para serem usados em outras tarefas.

As únicas CPUs Intel® que não possuem gráficos integrados são as que possuem uma designação F, como o processador Intel® Core™ i7-10700KF. Este é projetado para usuários que sabem que estarão utilizando uma GPU dedicada no sistema. 

Recursos específicos para notebooks

Pode ser uma surpresa descobrir que muitos notebooks são capazes de um desempenho de jogos semelhante ao de PCs desktop. Mesmo que esteja priorizando o desempenho, os notebooks modernos são projetados para lidar com as exigentes cargas de trabalho dos jogos.

Ao selecionar um notebook para jogos, procure CPUs Intel® com a designação H, como o Intel® Core™ i7-10750H. Esses processadores são projetados especificamente para priorizar o consumo de energia e a duração da bateria para PCs portáteis.

Overclocking

Outro fator a ser considerado ao escolher uma CPU é se você deseja realizar overclock ou não.

Overclocking3 também pode ser um jeito útil de aumentar a velocidade do clock, e ferramentas como o Intel® Performance Maximizer permitem obter mais facilmente um overclock estável.

Se você gosta de fazer ajustes no desempenho de seu hardware, procure pela designação "K" no final do nome do processador, como o processador Intel® Core™ i7-10700K. Isso indica que a CPU é desbloqueada e foi projetada para overclocking. Supondo que você tem o hardware certo, como uma solução de resfriamento adequada e uma placa-mãe com suporte para overclocking, é possível aproveitar os benefícios de velocidades de clock mais altas com uma CPU desbloqueada.

Se você gosta de fazer ajustes no desempenho de seu hardware, procure pela designação "K" no final do nome do processador, como o processador Intel® Core™ i7-10700K. Isso indica que a CPU foi projetada para overclocking. Supondo que você tem o hardware certo, como uma solução de resfriamento adequada e uma placa-mãe com suporte para overclocking, é possível aproveitar os benefícios de velocidades de clock mais altas com uma CPU desbloqueada.

4º Passo: Encontre o processador Intel® Core™ adequado para você

Agora que já falamos do básico, vamos descobrir qual é o nível de desempenho da CPU ideal para você.

A marca Intel® Core™ contém diversas CPUs com uma série de recursos e capacidades. Em regra, quanto maior o número, mais rica em recursos é a CPU, com mais núcleos e threads, velocidades de clock mais altas e caches maiores. Essas camadas de desempenho oferecem uma maneira útil de equilibrar os recursos que você está buscando.

Apesar de haver muitas opções em cada categoria, o básico é o seguinte:

  • Intel® Core™ i3, para desempenho básico
  • Intel® Core™ i5, para desempenho intermediário
  • Intel® Core™ i7, para desempenho avançado
  • Intel® Core™ i9, para o maior nível de desempenho

Como exemplo, aqui estão os números de núcleos e threads de alguns processadores Intel® Core™ da 10ª Geração específicos:

  • Um processador para desktop Intel® Core™ i5-10600K da 10ª Geração possui:
    • Frequência de até 4,8 GHz
    • 6 núcleos e 12 threads
    • Tecnologia Hyper-Threading Intel® (Tecnologia Intel® HT)
  • Um processador para desktop Intel® Core™ i7-10700K da 10ª Geração possui:
    • Frequência de até 4,8 GHz
    • 8 núcleos e 16 threads
    • Tecnologia Hyper-Threading Intel® (Tecnologia Intel® HT)
  • Um processador para desktop Intel® Core™ i9-10900K da 10ª Geração possui:
    • Frequência de até 5,3 GHz
    • 10 núcleos e 20 threads
    • Tecnologia Hyper-Threading Intel® (Tecnologia Intel® HT)

Comece selecionando o segmento de processadores Intel® Core™ que corresponde às suas necessidades e depois procure por recursos adicionais, como a capacidade de overclock3 , que são importantes para você. Confira esse guia para nomes de CPU Intel® que destaca as muitas opções disponíveis.

Um dos pontos fortes do mercado atual de hardware para PC é a grande seleção de opções que permite encontrar exatamente o produto que você está procurando dentro de seus requisitos e orçamento. A variedade de CPUs disponíveis significa que há um processador ideal para qualquer sistema, independentemente de como você pretende usá-lo.

5º Passo: Verifique os benchmarks

Apesar de termos a esperança de que esses fundamentos darão a você as ferramentas para escolher uma CPU, provavelmente haverá alguns modelos de CPU que oferecem o desempenho de que você precisa dentro do seu orçamento.

Uma das melhores maneiras de ajudar a filtrar essas opções é procurar por parâmetros de referência que reflitam a maneira como você pretende usar o seu PC. Por exemplo, procure por um jogo específico, junto com o modelo do processador que está considerando, e avalie as métricas de desempenho, como FPS, para encontrar a CPU para jogos que atende às suas necessidades e expectativas. Outros componentes de hardware também devem ser considerados, como a GPU do sistema e a memória RAM, mas esse pode ser um bom ponto de partida para a sua busca pela CPU ideal.

Para mais leituras, confira os nossos guias para entender os benchmarks das CPUs e, se você estiver planejando instalar você mesmo a sua nova CPU, como aplicar a pasta térmica corretamente.

Os recursos do processador e do chipset são definidos frequentemente pela geração da CPU (ou seja, 9ª Geração ou 10ª Geração). A geração da CPU pode afetar recursos compatíveis, como opções de E/S, conectividade de rede e compatibilidade com os componentes de hardware mais recentes. Priorizar a geração de processadores mais recente garante que você aproveite todos os mais recentes recursos e suportes a hardware no seu sistema. Clique aqui para saber mais sobre a última geração de notebooks e desktops para jogos, bem como as novas tecnologias com as quais são compatíveis.

A série X possui o maior número de núcleos da família Intel® Core™. Essas CPUs são projetadas principalmente para fluxos de trabalho de criação avançados, e podem não ser práticas para uma montagem comum para jogos. A CPU Intel® Core™ série X i9-10920X, por exemplo, possui 12 núcleos e 24 threads.

Certifique-se de que ela atenda ou exceda os requisitos mínimos de sistema dos jogos que você deseja jogar. Jogos AAA para PC, que são mais exigentes, se beneficiarão de um processador Intel® Core™ i7 ou Intel® Core™ i9 em um notebook ou desktop.

Manter uma taxa de quadros consistente acima de 60 quadros por segundo exige um processador com capacidade de desempenho suficiente. Isso variará de jogo para jogo. Os benchmarks darão uma boa indicação do processador que você precisa.

Isso depende. Os requisitos de hardware para saída de vídeo HDR são relativamente modestos. Todos os processadores Intel® Core™ da 7ª Geração e de gerações mais recentes possuem suporte integrado para monitores HDR. No entanto, é importante ter em mente que os requisitos de hardware para executar jogos com taxas de quadros superiores aumentam com monitores de resolução mais elevada.

Para resultados ideais, uma máquina com um processador Intel® Core™ i7 ou superior com pelo menos 8 GB de RAM é suficiente para rodar jogos e transmitir ao mesmo tempo. Se você deseja ter menos dificuldades no seu desempenho com jogos, um processador Intel® Core™ i9 contribui para uma experiência ainda mais estável. Descubra mais.

Informações de produto e desempenho

1 A Intel não controla ou audita dados de terceiros. Você deve rever esse conteúdo, consultar outras fontes e confirmar a precisão dos dados mencionados. As tecnologias Intel® podem exigir hardware compatível, software ou ativação de serviço.
2Nenhum produto ou componente pode ser totalmente seguro. Os seus custos e resultados podem variar.
3Alterar a frequência ou a voltagem do clock poderá danificar ou reduzir a vida útil do processador e de outros componentes do sistema, e poderá reduzir também a estabilidade e o desempenho do processador. As garantias do produto podem não se aplicar se o processador estiver operando além de suas especificações. Verifique com os fabricantes do sistema e de componentes para obter detalhes adicionais.